Benvindos a 2016!!

| 1 Comment

Esse não é um post de ano novo: só estou escrevendo por que vi uns twitts aleatórios na rede e bateu vontade^^

Volta e meia tenho de me esforçar para me lembrar: "estamos no futuro, é nada do que prometeram (pro bem e pro mal), mas, uau, estamos no futuro!". Passamos o ano 2000, passamos por 2012 e o mundo não acabou ainda. Talvez tenha um meteorito mirando na gente, talvez algum dedo esteja se coçando para apertar o botão que libere o conteúdo dos silos, talvez quatro cavaleiros estejam terminando de dar comida e lustrar os quatro cavalos.

Talvez o mundo acabou, o mundo acaba constantemente aos poucos, o antigo dando lugar ao recente. Às vezes, o contrário.


(nota não relacionada: passei tempão procurando essa charge
na internet até descobrir que ela está aqui no blog desde 2009...
)


Enfim, um dos motivos do texto é que ontem na internet ressuscitaram esse clipe aqui, de 1987:


Vá até 0:59 e verá o ano :P O cantor é Rick Springfield, que nem me lembrava que um dia existiu.


O outro motivo pra esse texto e pra se lembrar de 2016 da ficção também foi lembrado na minha timeline na altura da virada de 2015 pra cá: segundo o anime Evangelion o mundo acaba na virada do ano (ao menos segundo esse site aqui: http://evangelion.wikia.com/wiki/Timeline).
Na minha opinião isenta de humildade, Eva é um anime extremamente superestimado (que inegavelmente mudou a indústria dos animes blablabla, mas a grosso modo Chris Claremont já fazia psicologismo de botequim de melhor qualidade vinte anos antes. E com bem menos frames!), mas confesso que me amarro na música de abertura do anime e na tocada no fim do mundo X)


legendas em vietnamita pra parecer mais culto, como todo fã cabeça de qualquer coisa


Já se falou demais de 21/10/2015 em De Volta Para o Futuro e não vou acrescentar mais nada à pilha, não agora. Exceto que ainda quero muito uma Pepsi Perfect pra coleção ;_;

...mas poucos se lembram que o futurista (e obscuro) Homem de Ferro de 2020 (tá chegando, galera!) teve uma história que dá um tico do background do personagem.
O gibi é de 1986, mas passa em 29 anos no futuro: 2015.

Ele volta no tempo, troca porrada com o Homem-Aranha e no finalzinho é jogado de volta à sua época.


Spoiler: muita gente morre.

(Pros nerds saudosos, essa obscuridade saiu aqui em Grandes Heróis Marvel #32)


Falando em Marvel e sendo atrasado como sempre, é sempre bom lembrar que em 32 anos no futuro todos os mutantes serão presos e exterminados, pessoas com gene mutante recessivo estarão proibidas de terem filhos e a humanidade regredirá tecnologicamente por causa da ditadura dos Sentinelas.




Isso é, o futuro de 2013 :P


Pois é, Dias de um Futuro Esquecido, a história que foi vagamente transformada em filme (põe vagamente nisso) é de 1981^^

O que eu quero dizer com esse texto? Nada, só que até estou esperando o cometa que iria destruir a Terra em 1994 e até agora não passou:


Furão!

1 Comentário

Leandro em 14/01/16, às 22:19: Eu conheço Rick Springfield daqui: https://www.youtube.com/watch?v=5OmolXj8gmo (Reply)

Deixe um comentário

About this Entry

This page contains a single entry by mushi-san published on January 3, 2016 8:16 PM.

"Resenhas" rápidas: Um Brasileiro Chamado Zé Carioca; O Inescrito: Apocalipse vol. 2: A Jornada; Como eu realmente... #2 was the previous entry in this blog.

Tchau, 2016!! is the next entry in this blog.

Find recent content on the main index or look in the archives to find all content.

Pages

Powered by Movable Type 5.13-en