livro: Espelhos Irreais

| 1 Comment | No TrackBacks

Escrever sobre trabalho de amigos é sempre espinhoso. E fica mais ainda considerando que da última vez em que falei do trabalho de uma dessas queridas amigas, quase fui assaltado no dia seguinte.

Sentiram a relação?

#medo

Espelhos Irreais é a primeira obra impressa da mail-list Fábrica dos Sonhos ("destinada a escritores/autores de ficção científica e fantasia"), uma coletânea de cinco contos fantásticos ligados pelo tema da realeza, de reis e rainhas, príncipes e princesas.

• Abrindo o livro, temos Os Três Trilios, do Aguinaldo Peres Ban³, é um conto de fadas mais tradicional, com direito a bruxas, fadas e ogros :) Como eu gosto mui demais do gênero, achei divertido, inclusive com a quebra de clichês de bruxas quase que boazinhas e fadas não tão boas assim. Só não gostei do final, para mim, contos de fada são um tanto mais conclusos.
A Morte do Temerário, da Ana Cristina Rodrigues, o simpático ser do mal* que organizou a coletânea, é o conto seguinte. Nele sabemos o que verdadeiramente aconteceu com Carlos de Borgonha, o Temerário, em uma narrativa fantasiosa, ou uma mentira para um jovem nobre. Só, de novo com textos da Ana, ficou a impressão que eu apreciaria mais o conto se eu soubesse mais dos personagens históricos citados ^^" Talvez seja o conto menos "pipoca" do volume.
Bohtu e o Elfo Negro, de Roderico Reis, conta a história de um garoto órfão e rejeitado pela vila onde vive e... tem um elfo negro, do mal. Até que é divertidinha, o final tem uma sacada que considerei muito original. Até me lembrar que fizeram a mesma coisa em Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban...
• O elo fraco da corrente é Prelúdio, de Daniel Gomes. Pelo título, você já sabe que não é um conto... Sei lá. Apesar de previsível, é um texto divertido, mas um prelúdio em um livro de contos é um corpo estranho, no mau sentido do termo.
• Fechando, temos A Gênese de Um Novo Mundo, da Ana Carolina, dona de uma das vozes que me impediram de ouvir o assalto do mês passado x) No futuro distante, a humanidade decide abandonar a Terra e migrar para outro planeta mais habitável. Mas um dos cientistas decide a todos governar criando um mito e uma realeza. Romance e aventura, daqueles onde os bons são bons e os maus são do mal.

Com 186 páginas que passam voando, com vários estilos de histórias e todas elas com um certo nível (literário e/ou de diversão descompromissada), é um livro que recomendo sem passar vexame depois^^


* se eu for assaltado de novo, vocês sabem de quem é a culpa XD

1 Comentário

Félix Maranganha em 18/09/09, às 01:43: Agora quero adquirir um volume desses. Muito bom! (Reply)

Deixe um comentário

About this Entry

This page contains a single entry by mushi-san published on September 18, 2009 12:27 AM.

Eu sou um inútil was the previous entry in this blog.

Calendário (18/09/09) is the next entry in this blog.

Find recent content on the main index or look in the archives to find all content.

Pages

Powered by Movable Type 5.13-en