livro: Memórias Póstumas de Brás Cubas

| 2 Comments | No TrackBacks

Uma das falhas do meu currículo de leitor é ter lido praticamente nada de Machado de Assis, considerado o nosso melhor escritor e tal. Outra das minhas falhas é estar lendo mais traduções que textos escritos originalmente em português: acabo importando os vícios filtrados de outras línguas e acabo perdendo contato com a forma natural de nossa língua no modo escrito.

Com o Kindle, decidi sanar esse pobrema x) O projeto original era pegar os textos do Machadão aqui, converter pro Kindle e voilá: literatura de qualidade grátis :D Baixei um dos livros em html, fiz a conversão pelo e-mail e descobri duas coisas irritantes:
1) o html não tem tabulação. É irritante ler um texto literário sem aquele espaço no começo de cada período. Ou com linhas entre os parágrafos por que o html tem dessas, sem saber se isso foi escolha do autor ou não.
2) por alguma cabala maldita no html do site, apareceu uma margem de quase 2 centímetros no lado esquerdo da tela. Desconfortável =_=

Claro que com algum esforço eu poderia descobrir os problemas, arrumar o código bonitinho e tal para ser convertido decentemente, mas... na Amazon esse livro está custando em torno de 3 dólares. O que compensa mais? Perder horas briNgando com html ou pagar cinco reais? X)

Nem pensei duias vezes, baixei várias amostras gratuítas para ver qual está melhorzinha - afinal, o livro está em domínio público, qualquer um pode formatar o texto e vender onde quiser... - uma delas tinha até os mesmos defeitos da minha tentativa de conversão, nem se deram ao trabalho de dar uma reformatada no texto pra torná-lo mais legível. Ah, esse povo do dinheiro fácil...
Achando uma edição que vale meu suado dinheirinho, me dediquei à leitura...

Uma vez me falaram (Eco, foi você?) que existem dois tipos de livros: o conflito e a viagem. No primeiro há um problema para se resolver, e é o tipo mais comum e mais popular de livro. No segundo, os personagens vão de um lugar a outro, mostrando os fatos e ponto interessantes sem necessariamente ter um problema a resolver. A Divina Comédia é um deles, no meu ver Alice é outro. E vou incluir Memórias Póstumas de Brás Cubas na categoria, já que conta a vida do suposto autor da história, que narra sua vida antes depois de morrer =)
Se você procura ação e uma trama, aviso que vai achar o livro morno, com várias críticas sutis à todas as classes sociais, gêneros e tipos de humanos em si... eu ainda estou digerindo várias coisas e acredito que Um Dia terei de fazer releitura. Não entendo por que empurram Machado para colegiais: ele pede um leitor mais maduro.
(Obras erradas para público errado só dá rejeição =_=)

Problemas dessa edição: quem formatou colocou as tabulações mas esqueceu de numerar os capítulos ¬¬ E o narrador cita a numeração dos capítulos trocentas vezes =_= Há uma meia dúzia de caracteres com problemas e o livro termina com um bugadíssimo "\end{document}", revisão que é bom, neda, né?
Outro probleminha que é mais culpa do Kindle do que de quem converteu: falta de notas de rodapé (não tem como fazer isso ainda) ou de um vocabulário ou de um guia no final do livro, para eu pegar as referências que não entendi. É um livro velho e o Brasil de Machado de Assis era imperial, sem futebol nem escola de samba, era outro país. Mesmo sendo a minha língua pátria, somos tão distantes que preciso de uma tradução ^^

2 Comentários

Ana Carolina em 14/03/11, às 00:23: Ele narra o texto DEPOIS de morrer! Trata-se de um defunto-autor, lembre-se! :P (Reply)

Deixe um comentário

About this Entry

This page contains a single entry by mushi-san published on March 13, 2011 11:46 PM.

Miyuki-chan no País das Maravilhas / Diário da Lua Negra was the previous entry in this blog.

Papo de Segunda, 14/03/2011 - histórias mais comentadas de fevereiro is the next entry in this blog.

Find recent content on the main index or look in the archives to find all content.

Pages

Powered by Movable Type 5.13-en