August 2002 Archives

O que é mais rápido: prova de 100 metros rasos ou ler Vagabond?

E enquanto não sai o 4º livro da série Discworld, um mapa do que tem sobre o casco da tartaruga, alem dos quatro elefantes ^^

Para quem possa interessar, vendi o monitor velho. Quarenta contos só.
Os próximos na lista são o tablet e talvez o palm mais teclado (quero um novo >:P)

Coisas que odeio fazer, mas faço em nome da minha sanidade mental:
- Desligar telefone na cara de vendedor. Eles não tem culpa, mas o que mais desejo é entrar na lista negra deles pra que nunca mais liguem pra mim.
- Não abrir excessão no atendimento, por mais desesperado que esteja a pessoa (ok, nem tanto, nem tanto). Na hora que você abre a porteira pra um, pode aparecer um monte logo depois...
- Me negar a entregar algo pra uma pessoa quando já expliquei como se faz três vezes. Ou quando tá na cara como se faz. Sou radical na filosofia de ensinar a pescar, mas não entregar o peixe.

- Ei, cabelo, lembra o que você disse pra mim aqui sabadão?

Acho que já disse que me recusei a trabalhar de sábados por que hora extra não é obrigatório, e fui o único a bater o pé. Aparentemente minhas gerentes me deixaram quietos, mas estou atento que não posso ser demitido até o dia das eleições, depois a história é outra. Mas esse não é o tópico agora:
Sempre tem um espertão que quer passar na frente de todo mundo, e sabe que você não vai decorar a cara de todo mundo que você atende, muito menos o que você disse pra pessoa. Então usam do artifício de te fazer lembrar de ter falado com ele anteriormente, mesmo que ele nunca tenha pisado na agência antes, para você ser obrigado a ver o caso dele e, nesse gancho, resolver o que ele quer na frente de toda a fila.

Imagina a minha cara quando indivíduo ontem chegou no meu guichê - com fila cheia, naturalmente - me disse a frase que tá em negrito aí em cima. >:)
E tentem imaginar a cara dele quando disse polidamente que nunca venho de sábado...


O tipo de pergunta mais perigosa é aquela: "posso pedir uma informaçãozinha?" Não raro esse tipo de pergunta você gasta bem mais de dez minutos pra dar uma resposta compreensível, principalmente com alguns seres com quociente de inteligência insuficiente para descascar uma banana. E com espertões como o citado acima.

O número de posts meus neste blog é inversamente proporcional a eu estar escrevendo/desenhando.

Listinha básica de nomes istranhus deste brog: Maria de Luna S. L., Elaine Brustulim Alburguete, Weslin Louise S. dos Santos (homem), Arnobre F. M., Anakissandra Arielly, Waldimon, Adão Dourado Souza, Ozaneida e o casal Agricola e Francisca Rosa

Roubado do blog do Picolinos, por indicação do Mit e não faço comentários pra não aumentar ainda mais minhas chances de perder o emprego:


e....

... foi só falar em sossego que a agência entupiu ¬¬


e depois de um ano, descobri que meu mail no provedor é de 30 megas, não os 2 megas que li sei lá onde sei lá quando (se bobear, era na página do provedor mesmo, mas em 1837). Acho que vou testar, já que as minhas três outras caixas de mail estão um lixo...

(típico da minha parte: começar pelo mais difícil, complicar em seguida e terminar no evidente...)

(...e no dia seguinte gastei todo o descanso carregando o monitor ¬¬ Agora deixa eu ir que o trabalho me espera)

Até que sexta passada foi um bom dia. Por causa de um erro meu, e de um caixa, no pagamento de um benefício para dependentes de um senhor falecido. (deixa eu contar aqui nos parênteses: liberei o dinheiro em nome de uma das pessoas só, em vez das três que tinham direito - esposa e dois filhos maiores. O caixa não percebeu que tinha uma conta aberta para ser depositado esse dinheiro e fazer a divisão em seguida na hora do pagamento como deveria ter sido feito desde o começo, e acabou pagando TODO o dinheiro pra viúva quando ela apareceu). Por causa disso, tive de ir para um dos recantos perdidos do meu bairro: Jardim Iguatemi.
A minha viagem até esse território à beira do Limbo era para colher as assinaturas que faltavam para a documentação ficar em ordem para uma possível auditoria ¬¬. O filho maior assinara na agência na sexta mesmo, mas tive de ir ao bairro supracitado para pegar assinatura da filha e da mãe. Não preciso dizer que me perdi pra chegar no endereço (tenho culpa se a Ragheb Choff tem DUAS Casas Bahia e ninguém me avisou?), andei um monte sob o sol do meio dia, mas achei a lojinha onde a moça trabalha. Recolhi a assinatura dela e aguardei o filho chegar do cartório, como tinha combinado com ele lááá no banco, para me levar à casa da mãe deles (mais longe ainda) e fiquei aguardando, aguardando, aguardando... depois de muita demora, e nada dele chegar, ela sugeriu que o boy da empresinha levasse o documento pra senhora assinar e me trazesse. Beleza.
Ele foi e ficamos conversando, já que poucas pessoas queriam comprar peças pra bicicletas naquele horário. O pai foi morto num assalto, sequestro relâmpago, pelo que entendi. Passaram dificuldades, mas a família está se recuperando. Ela tem vinte anos, mas se casou há três e tem um filho de nove meses. Comentou da região onde vive, que tem medo por causa da fama de violência de lá (grande melda, aqui também é) etc etc. Visto daqui, tudo meio trivial, mas é trivial esse tipo de relato lido, ou ouvido em conversas de várias pessoas, mas é um pouco mais vivo ouvir de quem viveu, e ganha mais cor ao meio dia, com sol, na sombra sentado na calçada, sentindo a brisa do dia e principalmente NÃO TRABALHANDO DURANTE O EXPEDIENTE ^________^
Meia hora depois, chegou o documento assinado e voltei pro batente. Fiquei fora da agência das 10:30 ateh mais de 13:00, e o dia passou rápido e o descansão que tive me deixou leve pro resto do dia.

Preciso fazer mais erros desses :P

Uma coisa que evito na maioria das vezes é me voltar pro meu próprio umbigo. Alguns monstros que vivem dentro da gente tendem a crescer se prestarmos atenção neles.

Outro hábito que me flagrei é "forçar" sorriso em algumas situações, para parecer gentil ou seja lá pra quê. As emoções tem duas mãos: elas influem na sua expressão facial, mas o contrário é igualmente verdadeiro. Acho que é pra me sustentar ao fim de um dia que cansa, apesar de graças a Deus estar beeem menos estressante nessas últimas semanas.

Ou eu não tenho problemas de verdade, e às vezes fico reclamando por inércia mesmo ¬¬

Agora falta mais nenhum. O Akira é o milésimo a comentar no blog =P

Roubado do Multiverso Bate-Boca:


Comentários? :P

Tem dias que dá vontade de desenhar todos os personagens, nas páginas da história, como figurantes de DiGi Charat: dedos com rostos. Dá menos trabalho... Ou ao menos ultra-estilizado como as Meninas Super Poderosas...

Faltam 2.


Acima, scan do meu primeiro desenho feito no computador, usando as teclas direcionais do teclado apenas. Os XT do colégio não tinham mouse, nem winchester, nem drive de 3½, nem nada: eram entidades compostas de monitor de fósforo verde - alguns com mais tons de verde que outros, gabinetes horizontal com dois drives de 5¼ e teclado, sempre com alguma tecla não funcionando, fazendo a gente decorar partes da tabela ASCII de tanto uso :P Com eles, usava o DOS 3 e 5, jogava SimCity e Maniac Mansion, mas tinham os viciados em Prince of Persia e Larry. Programava em Pascal 3.2, e usava softs tipo Norton Utilities e SideKick. O desenho ao lado foi feito com o PC Illustrator, que não achei cópia no Google :P De programa "gráfico", peguei também um que fazia cartazes, estilo BannerMania, mas esqueci o nome...

Hm, "lembrar é viver". To recordando de um jogo de sinuca pra PC, de um MSX perdido na "outra" sala de computadores (velhos). De que eu não gostava de escrever no Wordstar, preferia a parte edição do Pascal pq tinha menos frescuras (deve ser daí a origem de eu só usar notepad pra escrever textos). De que não dava pra ouvir walkman perto do MSX por que ele dava interferência :P. Que só tinha impressora matricial lá ^^ E que acho q gastei meia fita dela com os tons escuros nesse desenho ^^

Quer saber o que você é?
As pessoas gostam de você, mas você não sabe se expressar muito bem.
É de ouvir muito, e falar pouco, mesmo assim sabe ser legal!

Quer saber o que você é?

Hoje é dia de posts curtos: finalmente algum órgão federal publica algo decente a respeito de quadrinhos. Revoltante é saber que Angelo Agostini é anterior ao Yellow Kid americano, mas o boneco amarelo é considerado a primeira HQ do mundo =/


Vendo direito o tal site, ô burocracia pra comprar qualquer coisa lá >_<

Ah, o desenho chegou, Cliff! Tá kawaii!! Thanx!!

Faltam 4.

Morram de inveja Alan Moore e Alex Ross!! Atenção, fãs! The Power, parte 2, está na rede! :P

(e meu irmão não deixou divulgarem o ICQ dele. Vamos ver se ele libera ao menos o número do celular...)

O Ministério da Saúde Adverte: Dragões Vermelhos fazem mal a vista >_<

(e no fim das contas, ficou preto mesmo...)

Faltam 10.

Esticando um pouco mais o post anterior, pena que poucas coisas na vida se resolvem achando o inimigo e em seguida encher ele de porrada até para de encher o saco da gente. Pra sempre. No geral, o inimigo é grande e intangível, ou somos nós mesmos.

(To ficando craque em filosofia de botequim. Sorte do mundo que não bebo. :o) )

Terminei de ler A Arte da Guerra. Idem pras palavras de Sun Tzu o que eu disse pro escrito mais famoso de Maquiavel: anotar, resumir e ter como guia de referência, apesar de ser moralmente discutivel em alguns pontos (bem, muito bem menos que nO Príncipe). O Marcus me disse que ele fala obviedades, mas até aí, são poucos os que organizam o óbvio tornando-o prático. ^^


Fora que, pelo que vejo, o óbvio é algo constantemente esquecido e ignorado. Óbvio. =P

Aproveitando o clima eleitoral, estou fazendo um desenho de uma das personagens da Raquel, e no conceito original iria estar coberta com uma toalha as partes que poderiam causam escandalo. Essa madruga, me sugeriram sem toalha. >:)

Sugestões? :P

Oportunidade de Ouro: estamos abrindo mais um participante para este blog. Inscrições nos comentários abaixo apenas, até a meia noite de sábado. Seleção com critério a definir :P

Feito: roteiro da parte 10 da Raquel.
Fazendo: outra ilustração pro blog.
Fazendo: capítulo 8 da Raquel.
Procura-se: desenhista pra qualquer parte da Raquel, especialmente 9 :o)

Hoje não, to com dor de cabeça.

Não contei, mas junto do monitor, eu tava levando junto dentro de uma bolsa um drive de DVD-ROM novo. Durante o meu martírio para casa, devo ter derrubado aquela bolsa com drive, palm (e teclado), capas vazias de DVD, CD-R e outras tralhas umas duas vezes pelo menos... com suspeitas do drive ter ido pro chão embaixo de tudo isso em pelo menos uma das quedas... >_<
Hoje instalei o bicho, e não é que fununcia?? o.O Vamos ver se um dia após a garantia expirar (3 meses) ele ainda funciona...

Tenho de acabar com esse hábito de capotar no sofá e deixar um monte de gente falando sozinha ¬¬


mas percebo que fico com mais sono quando meus braços doem. (Ou vice versa?)
Acho que me condicionei a isso o.O

Monitor com 15 polegadas e resolução de 1024x768 pixels é outro mundo!

Mas que o bicho é pesado pra trazer da Santa Ifigênia até aqui em São Mateus de ônibus e metrô, é. Dezessete quilos numa caixa grande e angulos me deixaram todo dolorido >_<

sinceramente? sem inspiração.

Na falta do que fazer, e na necessidade de dar justificativa à meu espaço no Fortunecity (que até agora só serve pra guardar as imagens usadas nesse blog), decidi escanear e por no ar uma HQ em seis partes que meu irmão fez há muuuuuuuuuitos anos atrás.
Com vocês, o primeiro capítulo de The Power!

(depois ponho o ICQ dele por aqui... se deixar)

É realmente complicado querer ajudar, levantar ânimos, e não saber o que fazer ou dizer. Tentar fazer a dor alheia diminuir, dar forças pra não desistir, tentar fazer esquecer pra continuar andando. Não parece ser essa uma das minhas perícias, mas to tentando, vou até o fim nessa, se me deixarem ^^


PARAGUAI! PARAGUAI! PARAGUAI! PARAGUAI! PARAGUAI!

(e não é que o jogo aconteceu antes de eu me lembrar de por este post?)

Ah, esqueci de citar meu mouse, cada vez mais gagá, e o teclado com teclas afundadas. Ergonomia tende a zero :P


acabei de me lembrar das minhas caixas de som: só funciona uma.

Urucubaca a vista: meu drive de CD-ROM não pega mais (ele reconhece os discos, mas não lê); meu monitor, velhinho como ele (mas o da Rei é pior) funciona cada vez menos, está desligando-se sozinho por causa do mal-contato atrás ou fazendo variações absurdas na iluminação e agora meu m100 parece que pegou a maledeta MDS... ¬¬

To com preguiça de tirar as pilhas do bichinho e tentar um hard-reset, reinstalar tudo é um saaaco. Procurar as senhas de todos os programas também, pegar atualização pro OS idem, instalar os hacks, os drives pro teclado... e acho que não vai dar em nada. Quando tiver mais tempo, tento. Se eu lembrar.

Juro que tentei desenhar, mas meu braço não deixa. Vou ver se consigo escrever, mas acontecimentos com outras pessoas hoje ainda tão ecoando no vácuo que preenche o espaço entre minhas duas orelhas.

Prefiro acreditar nas Coincidências entes de declarar um milagre, ou uma maldição, mas está ficando preocupante a maré azul que anda avizinhando este ser, através de amigos de vários lugares. É muita coisa ruim acontecendo ao mesmo tempo. Bom, que venha a maré, eu já a conheço de outras safras, até mais intensas.Vamos ver quem ganha >:)

("...marcelo, você andou cheirando o quê hoje?")

Bom, de volta a segundona. Você já percebe o quanto perde do seu tempo fazendo o final de semana chegar tão rápido, e esse passa ainda mais depressa que os cinco dias "úteis"?. É nessa brincadeira que a gente envelhece mais rápido ¬¬
E já percebeu que quanto mais tempo livre a gente tem, mas tempo perdemos se espreguiçando, fazendo nada e tentando decidir o que fazer com o tempo livre?

Será que tenho de por "diversão" dentro da grade de horário para não perder tempo fazendo nada? o.O

Como diz a música: eu só quero... sossego :)

Template novo pros comentários ^_^. Miss blog by Rei-san (aka DSS), a sumida.


Ah, são quase 1000 comentários até agora...

Domingão de Sol. E eu em casa. E pior, muitas pessoas em casa na frente do PC, com relatos de casos de eremitismo urbano em Recife, Osasco e Rio de Janeiro!!

Esporte interessante: pegar musicas pra namorada, *E* criticar elas uma a uma pelo icq, dando as comparações mais absurdas (e sinceras) possíveis. >:)

(baseado num desenho antigo em A3 que fiz dela e enecontrei ontem na faxina, que por usa vez era inspirado no estilão do tio Mucha ^^)

(depois refaço o outro A3 que achei: a Cat - de olhos azuis - em pose séria de cartaz de propaganda soviética... o.O)

E esqueci um nome pra listagem: Cornélio Gigante, filho de Salvadora Gigante ^^

Mais uma pequena lista de nomes achados no atendimento ao púbrico: Kezia C. Crepaldi, Martelena F.S., Marcionilio de S. L., Amanda Maraxlet Quinto, Valdir Fausta, Eisensteyn Farias, Hilda Barbi Casado, Naira Lavadura S. dos Santos. Valmor, Meirecler e Meridiana, filhos de Venerindo e Leila e Leia, filhas de Deusdedito.

(E também atendi um ex-funcionário das lojas Tamakavy. Alguém se lembra dessa? ^^)

Muito, muito legal ficar lendo blogs de gente localmente famosa que tinham vinculos de amizade num passado ancestral e ver eles se pegando, se exibindo, remoendo suas fixações de ódio.

Deus me livre de cair numa arapuca dessas.

Tipos de arquivos que tenho paúra de abrir: .doc e arquivos de instalação. Do primeiro tipo sempre pergunto/insisto se tem como converter para txt ou rtf, html ou pdf. Já fui chato com muita gente legal por causa disso. Do segundo, se tiver uma versão que se executa sozinho sem usar de instalação, maravilha. Já não instalei muita coisa que me passaram por conta disso ^^ (o Traffic Jam que o Tatsumi passou foi a excessão mais recente)
Trecos do Power Point (ppt) estão banidos daqui, e o restante dos formatos do Office (.xls, .mdb et caetera) são tolerados, depois de devidamente checados no Norton.

Acho que um pouco de paranóia com vírus e lixo no registro é sempre saudável. o.O

(mais uma página da Raquel feita)(faltava só por os balões mesmo)

Terminei um capítulo da história ontem, faltam onze. Se tá bom, não sei, geralmente mostro apenas pra meus amigos, e todos dizem que tá bom, a única parte ruim é que não acabou etc etc etc :P Isso faz um bem pro ego, uma beleza.
Mas, to vendo que vou ter de achar por mim mesmo os caminhos pra corrigir meus vícios e os caminhos para esconder debaixo do tapete os defeitos irreparáveis da minha constituição :P


E falando em esconder coisas...

Só alguns vão entender este post, mas...

[20:58] mushi-san: hai. Viu sua foto no blog do Akira?
[20:58] Shingo! *BAMF!*: Quem é Akira?
[20:58] mushi-san: caido novo
[20:59] Shingo! *BAMF!*: Ah! Qual o blog dele?
[21:00] mushi-san: akirakun.blogspot.com
[21:01] Shingo! *BAMF!*: Valeu...
(...)
[21:07] Shingo! *BAMF!*: O cara adotou um de meus Tonberrys! >:(

Preocupante: ir nas bancas em lapsos de tempo cada vez maiores e perceber que ainda não apareceu Combo Rangers #13

Pensando em fazer um zine. Talvez com a HQ que disse abaixo. Talvez com mais coisas. Talvez gratuíto (que nem o CYMB). Talvez pago. Talvez ^^

(Uma folha de sulfite que achei na pilha de papeis pra escanear. Curioso que não lembro onde peguei ela ^^ Acho que foi do comitê do Berzoini...)

LEI DO MALUF:
Se não pode convencer, confunda.

PRIMEIRA LEI DO DEBATE:
Jamais discuta com um idiota - é capaz dos outros não notarem quem é quem.

LEIS DA MORCEGAGEM:
1. O atraso encurta o trabalho e transfere a responsabilidade de sua terminação para outra pessoa (a autoridade que determinou o prazo).
2. Reduz a preocupação, já que o nível de qualidade desejada deixa de ser o melhor possível e passa a ser o melhor possível dentro do prazo limitado.
3. Evita outros trabalhos. Como o trabalho está atrasado, os envolvidos nele não recebem novas incumbências.
4. Evita chateação; ninguém fica com a impressão de que não trabalha em nada importante.
5. É capaz de eliminar o próprio trabalho se a necessidade do trabalho desaparece antes dele estar concluído.

REGRA PARLAMENTAR:
Quem grita mais tem a palavra.

PRIMEIRA LEI DO CONDOMÍNIO:
Falou muito no corredor vira síndico.

LEI DA COMPENSAÇÃO:
Se um problema provoca muitas reuniões, as reuniões acabarão por se tornar mais importantes que o problema.

LEI DAS DECISÕES:
Quando não é necessário tomar uma decisão, torna-se necessário não tomar uma decisão.

LEI DOS DEBATES:
Todos os dados que confirmam o seu ponto de vista são dados importantes. Os que contrariam o seu ponto de vista são irrelevantes.

É interessante, num momento de distração do seu auto-controle, melhor, num momento em que você encara a si mesmo sem ter chances de fingir que é tudo lindo, perceber que tem um ego pra lá de inchado.

Morreu Flavio Cólin, quadrinista. Desconhecido pro público em geral, eu mesmo devo ter lido só umas duas HQs feitas por ele, mas o que vi foi um traço estilizado invejável.



Lendo zines, entrevistas, mailing lists et caetera, você percebe que houve uma geração de quadrinistas na década de sessenta muito boa, mas que praticamente ninguém conhece, que você não encontra nada publicado, e quando encontra, o mangá novo da JBConrad está mais acessível na prateleira ao lado >_< Em tempos bicudos, quem tem coragem de gastar com alguém desconhecido? Parece ser preferível comprar a mediocridade conhecida que arriscar em algo que pode ser excelente quanto uma completa bomba...

(fora que é chato conhecer algo legal e não ter com quem comentar ^^')

Inu, isso te serve?

A propósito: um ano de blog


(post clandestinamente postado do trampo. Lembrei agora ... ... ... espero que tenha lembrado da data correta)

Raquel? Tá parada por enquanto. Tive idéia pra uma historinha em 12 partes e quero ver se tenho a capacidade de terminar. A "vantagem" de ser não remunerado é essa: termino, interrompo e começo projetos quando dar na telha. Mas o ideal seria eu ter algo pronto pra um portfolio (como se houvesse mercado pra mostrar ele)
E ficar com a cabeça numa só idéia não é bom. Chega uma hora que o setor de idéias pede um tempo pra se recuperar, e se você forçar a barra, só sai caca. Nesse momento, uma sugestão é trocar de projeto enquanto o outro "se recompõe" dentro da mente (ou algo semelhante a mente, no meu caso :P)

Depois do link do Blog do Fofo 2 Litros, declaro o blog do Spike o blog com mais links inúteis por post quadrado. Até aparecer algum que supere...

Sem versões pra baixar, mas achei algumas implementações em java do joguinho...
http://www.igoweb.org/~wms/rushHour/index.html
http://www.puzzles.com/products/RushHour/RushHourApp.htm
http://www.eagle-i.com/JAVA/rush.html
(e parece que teve uma versão live disso...)


Dados técnicos: RushHour

Joguinho, digo, quebra-cabeças pra palm, viciante. Se achar uma versão pra windows, ponho link ^^

Paciência, irmãos, paciência...

A frase "tem história que se escreve sozinha" é uma grande mentira, ao menos pra mim. Se eu deixo a história tomar as rédeas no ritmo "natural" (entenda "natural" como a influência de 17 anos lendo gibi de super-heróis), vai sair uma porcaria digno da Image nos seus piores dias, um sub Extreme Studios.

hmmm... será que isso dá dinheiro? ^^


PS: 17 anos > (idade da Akane)²+(idade da Rei)

(plagiando um INUtil de novo...)

<fnord> Mitsuo. Menda. Nahanaha! </fnord>

hahahaha, alguem achou esse blog procurando por "Mitsuo. Menda. Nahanaha!" ^^

Dia de recuperar minha lista de ICQ. Seis pontos em 10 jogos :P
Falta o bolão do serviço, mas já sei que os sortudos estão em MG e DF ^^


vou ter de mudar meus planos, de novo, de trocar de emprego. O que me entristece é que estou tecnicamente num beco sem saída no labirinto, e retornar todo o caminho até agora não tem cara de ajudar nada.

coisas que eu poderia ser: menos preguiçoso e procurar um serviço de mail gratuito que preste.

(Hoje, num ataque de otimismo, vou deletar minha lista de icq, por via das dúvidas :P)

Preguiça de por aqui o que ando lendo, vendo, mas lá vai resumido:
Discworld: uma série com três livros até agora publicados pela Conrad. Pelo que li são mais de trinta lá fora e espero que publiquem todos mesmo. Muito engraçado, ilógico, absurdo, e Terry Pratchet sabe tirar as comparações mais engraçadas para enfiar dentro do texto ("QI igua a temperatura ambiente" eu roubei dele e já usei nesse blog). O que me incomodou são algumas coisas que ele parece se repetir, acho que inconscientemente, tipo objetos mágicos terem excesso de personalidade quando tem...
Hoshi no Koe: Vi na Animecon e fiz questão de baixar. Anime de 20 minutos com ótimos CGs, muito bem animado e escrito. E espacial ^^ (um dos meus fracos). Daqueles que você quer passar adiante.
Excel Saga e Puni Puni Poemi: Excel vale a pena, principalmente pelas sátiras. A lista de animes é grande, inclusive com praticamente um episódio inteiro de Yamato (que vi quando criança) plagiado, fora séries vélhas como First of Nort Star. Obrigatório.
O capítulo 26 é a parte, e é quase hentai. =P
Já Puni Puni não tem tanta graça (Nabeshin aparece em ambas as séries), achei apelativo demais ¬¬.
O Príncipe: E viva tio Nicolau! Moralmente não dá pra seguir tudo o que ele sugere, mas ele se justifica. A questão é saber evitar chegar ao ponto em que você tem de fazer o que ele sugere. Bom livro, daqueles que você tem que reler, resumir, anotar e talvez ter como guia de referência no bolso (ele e a Arte da Guerra, do Sun Tzu, que começo a reler hoje).
Shaolin Soccer: filme chinês, com roteiro capenga, mas com o jogo de futebol mais absurdo que já vi. Daqueles que eu chamo os amigos pra rever as cenas finais pra rir com as forçações de barra. Obrigatório também ^^


Adendo sobre O Príncipe: o estagiário da agência (em outros locais seria chamado de "boy", lá é "estagiário") vê esse livro em cima das minhas coisas, lê o título com voz baixa e me pergunta:
- Esse livro é história de viado, né?
Morte aos igonorantes...

Banco, day by day: Caneta é o objeto mais precioso que pode existir dentro de uma agência. Você não pode deixar a sua sobre a mesa que ela some para sempre. Já dinheiro, ninguém quer mexer. Nem eu, pegar em dinheiro dentro das paredes da agência é sinal de rolo, mesmo que você tenha de pegar o dinheiro para passar para terceiros...
Já clipes e papel, em determinadas épocas do mês (quando se percebe que quem controla o almoxarifado subdmensionou de novo as compras mensais), são disputados a tapa. Ao menos isso eu mantenho um estoque mínimo escondido (já tentei guardar uma ou duas canetas sob a gaveta e em outros locais, mas assim mesmo acham...). Complicado mesmo é a época em que faltam papel toalha, higiênico e copos descartáveis...


Uma vez pediram pra um cliente escrever no formulário (daqueles em que tem uma "janela" pra cada letra/número) a sua data de nascimento. Saiu algo assim: 2562.
- Que data é essa, meu senhor?
- Dois do cinco (maio) de sessenta e dois.
- ¬¬
nomes estranhos (mais, mais e mais): Asteiria Atanasia dos Santos, Osanilda Firmiano Granjeiro, Azidia M. de Jesus, Dilma Marculino, Ilkislaine M. P., Cidrac P. S.

(tudo acima veio diretamente dos papeizinhos que anoto durante o expediente (e as vezes no Note Pad do palm))

Bom, gastei dez contos na mega. Torçam por mim. Se ganhar sozinho, prometo pagar 100 reais pra cada um na minha lista de ICQ (que diminui a cada dia :P)

Como esperava: ponho um post falando mal de Evangelion e Vampire, e um monte de gente vem me xingar. Ponho uma puta duma frase misógina do tio Maquiavel, e não recebo sequer um terço da quantidade de mensagens, quiçá um quarto da paixão envolvida sobre as citadas acima ^^

Tentação do dia: abandonar meu guichê no meio do espediente e ir pra casa. Ou pra rodoviária, já que tinha de fazer isso hoje ^^

O que mais estressa geralmente não é o povo a ser atendido, são os outros que trabalham comigo. E a infra-estrutura capenga. E o maldito monte de papel que cresce todo dia, logo o povo vai começar a cobrar o dinheiro que prometi que iam receber em 30 dias...

Dicas Mushinianas para...
...românticos.
... e os apreciadores de boa música.


Links emprestados da Bell e roubados do Spike-kun.

Puxa, nada como ver sua personagem desenhada por alguém que sabe desenhar de verdade ;_;

Esse aí gastou horas de trampo, e ainda assim tá cheio de erros de anatomia, de sombreado, perspectiva, técnica...

(mas se eu não pratico, quem pratica por mim? ^^)

PS: da esqueda pra direita: Klara, Camila (prima da Cat) e Ndtll. Personagens velhas...
PS2: Vou mexer no visual da Ndtll. Ainda não gostei desde que mudei o jeitão da raça dela ¬¬

Hahahahaha, Serra fala que não é candidato do governo :) Conta outra, nem a mãe dele acredita nisso... ^^

Hora da porrada na Band agora ^^ Como mediadora do debate, a tal da Márcia Goldseiláoquê, a do programa de barraco que tinha no SBT. Acho que logo-logo põe o Ratinho pra mediar debates à presidência :P

Personagens loiras gastam menos nanquim. Ponto.

Temporada de caça:
1) não acho meu CD de Civilization 2
2) não acho em sites de abandonwares os add-on para SimCity Classic. Esses acrescentavam novos elementos e cenários pro velho jogo. Pra ser sincero, até as informações sobre esses softs (eram 2 packs) são difíceis de achar...

(...)E considero o seguinte: que mais vale ser impetuoso que circunspecto, pois que a fortuna é mulher, e, para mantê-la submissa, é preciso batê-la e maltratá-la. Notamos que ela deixa-se melhor dominar por quem assim procede do que pelos que se portam com frialdade. Por esse motivo, como é mulher, ela é sempre amiga dos jovens: estes são menos judiciosos, mais aguerridos e mais audazes ao comandá-la.

Nicolau Maquiavel, em O Príncipe (capítulo XXV)

Se eu soubesse que o dólar ia cair tanto de um dia pro outro, vendia os meus ontem pra recomprar hoje... ¬¬
Por sinal, to pondo fé nessa "crise" atual. Com governo tucano e Lula e Ciro beem na frente de Serra, isso mais tem cara de terror institucional pra por as ovelhas de volta ao cercado.
Quando o rebanho tá saidinho, uma técnica de quem cuida dele é falar em crise que se aproxima, fim do mundo que está logo ali, inimigo espreitando, ou algum castigo, que rapidinho tudo volta pro sossego. Ou quase isso.

E pra responder um último comentário lido em blog alheio... eu respeito quem fica invisível, nem todo mundo tem sempre condições de falar via icq toda hora. Já me aconteceu algumas vezes da tendiite atacar e eu conversar apenas com poucos no invisível ^^

Mas tem dias que, quando percebo por rastros na rede que tem gente que prezo escondida, mando um "bu!" só pra pentelhar ^^

Do blog da Cliff: "(Por que será que o Mushi tá quase falando em quase todas as fotos?) "


O.o???


(A propósito, Cliff, gostei do teu blog de idéias aleatórias ^^ Mais tarde linko ele!)

Ao contrário do mangá de Eva, eu não ganharia nada se outros comprassem um palm. Pelo contrário... inveja sempre dá mais prejuízo do que a prudência sugere... =p

Uhum, já vi que errei no brilho, esqueci algumas de apagar algumas linhas...

Feito durante a madruga, antes do sono vir bater:

Agora só falta eu voltar a fazer algo útil, e aprender a desenhar...

PS: clique para ver em resolução melhor :P

About this Archive

This page is an archive of entries from August 2002 listed from newest to oldest.

July 2002 is the previous archive.

September 2002 is the next archive.

Find recent content on the main index or look in the archives to find all content.

Pages

Powered by Movable Type 5.13-en