March 2008 Archives

cdc.jpgEssa doença descrita aí no título tem cura?

Tem seres na minha convivência diária (trabalho e família) que às vezes me aparecem com uma cdb tão grande que nem se uma legião de anjos armados com rolos de papel higiênico baixassem do céu apenas para o indivíduo dariam conta do problema.

Sei lá, se você acha a vida um fiofó, favor guardar essa impressão para você mesmo e não espalhe isso para os outros. O universo agradece.

Por que existem sites que insistem em fazer interfaces em flash? É para agradar engravatado do marquetí? Nunca avisaram eles que gente normal fecha a janela/aba no meio do carregamento, já que raramente, muiNto raramente a espera compensa a falta de conteúdo desse tipo de site...

Exemplo é o site da Claro, pros planos 3G. É inusavel, mesmo para gente burra q gosta de ver videozinhos, não informa, se tem informação, ela está guardada de forma não óbvia. O site é apenas uma grande propaganda com imagens e sons...

Poxa, se for para ver propaganda eu ligo a TV. (digo, nem ligo mais). Na internet eu quero ler, eu quero me informar, eu quero discutir, eu quero comparar... e estamos falando de sites de telefonia celular, né? =p Já notaram que eles não são explícitos quanto a preços, tarifas e dúvidas em geral? Ou ao menos não eram quando fui procurar uma operadora pro meu finado treo 600, um dia faço um teste prático e posto aqui.

Voltando ao flash... alguém teve coragem de ir no link e escolher a opção para internet discada, teoricamente a mais rápida de carregar? Pobre mortal... acordou masoquista hoje? Quer sofrer mais? Vá ao "atendimento virtual" da Claro e divirta-se - está escondidinho na seção "fale conosco". Eu vou cuidar da minha vida, já escrevi demais na geladeira por hoje =þ

Proposta de cartaz que propus para por nas portas de minha agência em 2002. Infelizmente não foi aprovado:

29_06-130502_image11.jpg


Separar fotos está dando trabalho, mas já fiz CDs com fotos de 2001 à 2004, e pelo que percebi, de cada mil fotos, 60 vão para os álbuns. Exceto quando aparecem fotos do meu sobrinho, onde poucas são apagadas e o restante vai para ser exibido no DVD player ^^

Férias marcadas. Trinta dias a partir de 5 de maio :P

Depois vem a outra fratura no pé greve.... =Þ

mushirio08.jpgSem detalhes, aqui não é Contigo.

Sexta: Rodoviária, Centro, Copacabana, Niterói... meu primeiro passeio de barca!! E acho que finalmente andei por todos os meios de transportes fluminenses: teleférico do Pão de Açúcar, bonde que passa nos Arcos da Lapa, trenzinho que sobe até o Cristo Redentor, barca para Niterói, barco para a Ilha Fiscal, ônibus, metrô... err, ainda faltam dois meios de transportes exóticos - as peruas de lotação (chamadas de "van" por lá, deve ser por causa do Van Dame, o Rio tem muito marombado) e trem.

Sábado: Centro, visitar o Batman e Lagoa Rodrigo de Freitas. O plano original era passar na cidade imperial de Petrópolis, mas a preguiça imperou.
Divertido é pegar quase 1kg de comida no almoço e comer na metade do tempo de Denise, que pegou nem 500g... Eu sou uma draga de comida.

Domingo: Morgação e depois rodoviária. Como sempre tem um ônibus saindo de lá para vir para cá, não tinha comprado a passagem com antecedência... só não tinha contado que todos os ônibus estavam cheios por causa do feriado ^^"" Com alguma sorte achei um ônibus (Expresso Brasileiro) com vaga e ar condicionado (e lanchinho, travesseiro e coberta, coisas que a Itapemirin me deveu na ida...) que saía em pouco tempo. Mas a viagem de seis horas durou mais de sete =_=

Considerando que minha bagagem tinha palm, câmera digital, lapxuxa e muitos gibis (Bone, que li na ida e na volta. Recomendo!), decidi vir de taxi do metrô Carrão até em casa. Só :P

batrio.jpg

Em duas lições!


  1. Faça uma história em quadrinhos, escreva um livro

  2. Ganhe na Mega-sena.

Voltei do serviço sob o barulho de trovões, vários e fortes, como se Zeus jogasse boliche nas nuvens lá no alto*. Pensei até em adiar o banho para esperar a tempestade anunciada passar primeiro - vai que a luz cai no meio do enxague do cabelo XD - mas não adiei.

A chuva veio, rápida e sem graça como lavar uma colher de chá.

Essa chuva foi muito efeito especial e pouco roteiro.

*sim, eu vi Popeye quando criança

----

Amanhã vou ao Rio, volto domingo a noite no máximo.

...imagine alguém que tem uma câmera digital de verdade desde 2004 (fora as de mentira) e finalmente resolve organizar as cerca de dez mil fotos do acervo.

Quando tiver tempo, volto a postar no blog :P

(Cadê o calor que tava aqui??)

foto-de-familia.jpg

Copo, porta post-it, monitor do PC, roteador, torre de CDs (já gravados XD). Treo + teclado, mouse do PC, eee, mouse do eee. No break, um monte de fios. Teclado.

Depois de anos fora do ar (porque nos antigamente eu só usava espaço gratuíto, e depois meu servidor emo antes desse era apertado...), The Power está de volta ao ar!!


Para quem não conhece, é uma HQ feita por meu irmão quando ele tinha uns 15 anos de idade e obviamente não vou postar essa obra no MushiComics :P

Seguindo a dica do Elias, o ScribFire agora aceita tags do WP.

Testemos =p

capa_calvin3.jpgQuem não conhece Calvin e Haroldo, tem de conhecer. Quem não gosta, precisa de tratamento médico.

Esse é o terceiro volume que a Conrad publica com uma das mais engraçadas e inteligentes séries de tiras que conheço: a capacidade do Calvin ser traquinas é de surtar qualquer pai (a ponto da mãe dele dar uma carta de emancipação para o menino, que está na pré-escola ou nos primeiros anos do primário), com vários momentos inspirados e até profundos (como na seqüencia do esquilo). Melhor eu não fazer resenha, sou péssimo com resenhas, ainda mais numa série sempre elogiada e que me fez rir alto várias vezes enquanto lia ^^


Em tempo: quando lançaram o primeiro (na verdade, o último) volume, um retardado em um fórum de quadrinhos falou que os consumidores são burros de comprar compilações de tiras de jornal: era só recortar e colar num caderno. Eu gostaria muito de entender como um ser desses acabou parando num fórum de quadrinhos...

Já que gastei os tubos sábado, vamos ler e comentar :P

tomstrong.jpgtom_strong2.jpgTom Strong - Alan Moore é um autor atualmente acima da crítica: seus piores trabalhos estão acima da média e mesmo quando você não gosta de algo que ele fez, concorda que foi bem pensado e estruturado.

Tom Strong é divertido, com ares de ficção científica antiga (eu falaria "pulp", mas não conheço o gênero para poder dizer isso com autoridade XD), algumas propostas interessantes, mas... achei que Moore se repetiu (muita coisa ele já tinha abordado em Supreme, especialmente as homenagens aos quadrinhos antigos). Divertido, mas já vi melhor :P

Em tempo: ODEIO O FORMATO REDUZIDO DA DEVIR!! Eu me prometi que não compraria HQs nesse formato, mas tava com desconto, e é Moore.... ~_~

Ontem era apenas um dia para caminhar no centro, passar na Livraria Cultura e na Comix só para ver as novidades... e encontro a Comix fechada: estavam num evento ali perto, mais uma "FestComix"...

I have a bad feeling about this!

Bom, eu mifu, o evento estava cheio de lançamentos com desconto: Sandman - Entes Queridos, Quando as Bruxas Viajam (Discworld!), Calvin e Haroldo - Tem Algo Babando Embaixo da Cama, o terceiro volume da Coleção História da Turma da Mônica, Nausicaä #4. Também encontrei as edições que me faltavam de Bone e de Tom Strong... era muita coisa tentadora para um pobre nerd que tinha acabado de receber a 2ª metade do abono salarial, e eu caí completamente na tentação.

Moral da História:


  1. Além de bolso mais leve, devo ter torcido de vez a coluna carregando aquilo tudo (mais o lapxuxa e as tralhas tradicionais) na minha bolsa...

  2. Não gastaria tanto se eu tivesse namorada. Muito menos se tivesse casado. Ainda bem que minha mãe parou de reclamar com isso :P

  3. Queria saber ler tão rápido quanto eu gasto. =]

Testando o ScribeFire, plug-in para Firefox que serve de editor de textos para blog. Gostei,tem MUITAS opções de formatação de caracteres etc, exceto que ele não tem o recurso de por tags do WP (recurso que gostei muito XD) nem usa também o recurso de "subir imagens" do WordPress.

Acho que recomendo, mas acho que não vou usar :P

Claro que a primeira coisa que fui tentar fazer com meu eee rosa (vulgo lapxuxa) foi testar a internet dele: tenho um roteador wireless aqui desde que comprei o pc novo e deixei o velho para o restante da família usar :P

Liguei o eee, mandei ele procurar as redes sem fio nos arredores e então encontro isso (clique para ampliar):

clique para ampliar

Já me sugeriram invadir essa suposta rede wireless da favela lá embaixo (a mesma que torra toneladas de fogos de artifício na virada do ano), mas ao contrário do mané aqui, eles sabem configurar o acesso à rede deles & não quero arriscar deles virem brincar de counter-strike não-virtual aqui em casa.

Alguma sugestão de como perder 2kg em um mês? É quanto eu engordei desde que fraturei o pé... apesar de eu já estar acima da média na época, acho melhor recuperar perder terreno aos poucos.

Já me cansou ver a cara dos parentes espantados sábado de como eu engordei, além da Cris, que pela cara dela, achava que estava vendo uma reprise de Free Willy quando encontrei ela e família na Ladeira Porto Geral.

Na viagem para São Paulo, comparmos um pacote de Ruffles, daqueles com um pacote de adesivos de brinde. =P Tivemos a sorte de vir SETE adesivos dentro, mas infelizmente nenhum deles era premiado. =(

Por sinal, desde mil novecentos e tazzo que a Elma Chips não põe brindes minimamente interessantes nos salgadinhos .

Vou dar um resumo telegráfico no que aconteceu, se eu esticar demais o texto, vou acabar parando no meio -_-?


Há uns cinco anos meu avô começou a agir de forma estranha: achava que tinha dinheiro, queria comprar carros, fazer empréstimos?


Foi diagnosticado Mal de Alzhemeier e a situção foi piorando ano a ano: com o tempo ele foi esquecendo quem eram os parentes, perdendo locomoção, não se cuidava mais? de uns dois anos para cá minhas tias contrataram empregadas para cuidar dos meus avós (apesar da resistência da minha vó), meu pai visitava eles a cada dois ou três meses, e meu avô foi definhando devagarzinho?



Sexta passada recebemos a notícia de que ele tinha tido uma convulsão e entrado em coma. De Colorado ele foi levado para Londrina, lá o coma reverteu, mas teve pneumonia, outras complicações e acabou não resistindo, falecendo na sexta dia 29 por volta da 2 da tarde.


Recebemos a notícia quase três e meia, e como minha irmã não dava certeza se ia (meu cunhado trabalha o dia todo às vezes, estava muito cansado para dirigir e ela não iria sem ele), estavamos combinando que eu iria de ônibus e meus pais com meu irmão e cunhada no carro deles. Meu sobrinho ficaria, só iria cansar o moleque que não entenderia nada :|


Mais tarde minha irmã mudou de idéia e pos meu cunhado para dormir antes de sairmos. Meia-noite os carros saiam de São Paulo: eu com minha mãe no carro de minha irmã (na verdade, é de minha mãe?) e meu pai com meu irmão. Mas o carro do meu irmão estava estranho: dava para ver que uma lanterna traseira estava quebrada, depois ele notou que a palheta do para-brisas também estava quebrada, e na primeira chuva que pegamos, ele parou e descobriu que além disso tudo, a caixa de câmbio tinha quebrado e não tinha mais a 5ª marcha nem a ré. Eram mais de duas da manhã.


MUITO chateado, ele teve de desistir da viagem, esperar o guincho do seguro e meu pai foi se espremer no carro onde eu estava.


Se minha irmã não tivesse mudado de idéia, só eu teria chegado a tempo para o enterro, de ônibus.

Chegamos lá depois das nove, com várias paradas no caminho para meu cunhado descansar, trocas de motorista (ele com minha irmã). O corpo do meu avô estava bem cuidado (ouvi ?o vô está bonito, né??). Houve tristeza, houve choro, mas houve alívio por ele estar finalmente descansando, e não foi uma morte surpresa, todos estavamos esperando isso há anos. Muita gente foi visitar o corpo, até meus avós do lado materno (que moram a duas horas dali) e o enterro foi às 16 horas. Ajudei a carregar o caixão.


Enterros são estranhos: reencontramos parentes e amigos que não víamos há anos, especialmente meus pais que foram criados naquela cidade e casaram lá.


Dormimos na casa de minha avó, que até que está forte, e partimos de lá hoje cedo. Meu pai ficou mais algumas horas e pegou ônibus de volta para São Paulo no começo da noite.

Há lições a serem aprendidas? Não sei. Fica a lembrança do meu avô, que era uma boa pessoa. Tive sorte de tê-lo conhecido, apesar de eu não ter sido chegado à ele, nem à ninguém.


E fica a esperança que a tensão que percorria esse ramo da família, e chegava até aqui, finalmente cesse, abrande, ou dê espaço a coisas melhores.

"Ti amu ti amu ti amu
mas você não me dá bola.
Vou me afundar,
num copinho de coca-cola"

About this Archive

This page is an archive of entries from March 2008 listed from newest to oldest.

February 2008 is the previous archive.

April 2008 is the next archive.

Find recent content on the main index or look in the archives to find all content.

Pages

Powered by Movable Type 5.13-en