Eibl descansou.

| 1 Comment

19mai16 - "oi"

No último post aqui no blog, no começo do mês, as notícias pareciam ser boas: as infecções pareciam estar cedendo e o único problema futuro era a pedra no rim. Mas Eibl parecia estar sempre cansado e uma semana depois do post, num dos retornos ao veterinário - em que Lia o deixava lá para pega-lo de volta de noite - ele ficou: estava com edema pulmonar.
E os médicos davam remédio, sempre subindo a dose, só que a água no pulmão não cedia. E assim mesmo, Eibl não se entregava: aceitava carinho da dona, brigava comigo, agarrava a comida favorita dele com toda a força que tinha. Era pouca, ele precisava descansar pra recuperar o fôlego, mas não desistia.

(Os médicos falaram que certa vez ele tava caído e tinha algo dentro da boca: proteína de soja, uma comida dura que só chinchilas e Maria devem gostar de comer. Tentaram tirar e tiveram de lutar com ele, "tira a mão, é minha!")

Só que quinta ele desmaiou, veterinários deram oxigênio, fizeram tudo o que podiam. Mas o que estava judiando dele, só agora, conseguiu vencer o poder de quase quatrocentos gramas de fofura e muito mais de personalidade :(

Naquela tarde, por volta das duas, três da tarde, senti um arrepio (e minha sala É quente). Lia diz que passou mal....

Hoje fui na Sé rezar e avisei para Deus: cuidado com a Tua mão, Eibl é fofo, mas morde forte :)


24fev15 - praticamente recém-chegado à vida da gente :3

Eibl entrou na minha vida porque minha namorada precisava de uma companhia tão fofa quanto ela no seu dia a dia. Ciumento, ele nunca foi com a minha cara. Cheio de personalidade, ele não admitia que tinha "dona", mas tinha uma amiga que volta e meia ele chegava junto, pedia 3 segundos de cafuné e saia pulando pela casa.
Eram pulos de mais de metro e vinte de altura, deixando Lia doida porque ele alcançava lugares onde não podia chegar, roía de tudo - a casa dela está cheia de marcas do safento para todos os cantos, até o logo do sine qua non ele roeu:


Fora quando ele se escondia e a dona tinha de ficar caçando ele até, literalmente, três da madrugada. Aí um ficava de mal do outro, mas logo ele tava pedindo cafuné pra dona, chegando o mais perto dela na gaiolinha.
Talvez ele tenha sido vítima de consanguinidade, de péssimo criador que faz cruzamentos sem distinção, talvez tenha sido só azar. Mas ele deu muita sorte na vida em ter uma dona maravilhosa que fez tudo o que podia por ele, mesmo cansada e sob estresse de emprego e doutorado. E, no fim, Eibl tinha muita vida, muita traquinagem, muita personalidade, muita safentice, demais para o corpinho dele, que não aguentou. Era uma estrelinha num corpinho fofo que não comportava tanta energia, que agora foi pro céu...
...e se vocês verem nuvens roídas, tenham certeza que foi ele.


18out17 - última fotinha dele


17out17 - com a dona, mas não largando da comida! ò_ó


03out17 - piratinha brincando de papagaio de pirata em meu ombro^^


03out17 - ele comendo maçã em paz e eu enchendo o saco dele (ele andava bem mais sociavel com a gente :| )

P.S.: Lia fez um texto contando tudo, poucos dias antes dele descansar: https://www.wattpad.com/482605310-di%C3%A1rio-do-eibl-vamos-falar-sobre-o-eibl
P.S.2: Para quem chegou agora, além do texto acima, eu fiz uma série de textos contando o que estava acontecendo desde que ele foi internado - partes 1 (que tem a maior parte da história, as restantes são atualizações), 2, 3, 4, 5, 6, 7.
P.S.3: Fizemos uma vakinha (http://quadr.in/eibl), arrecadamos algum dinheiro e vou esperar até o final do prazo para encerra-la: os médicos foram atenciosos, fizeram tudo o que podiam e merecem sua paga (até porque eles tiveram gastos com equipamentos e remédios). Talvez eu reflita esse valor na meta da vakinha o valor da fatura, que não saiu ainda. Qualquer ajuda é bem vinda, nem que seja uma mensagem carinhosa ou um abraço ou divulgação do link ^^


06jun06 - dormindo com o rabo (quebrado) para fora da gaiola :P


04mai17 - gordinho, de pelo limpo, fofo, curioso - é assim que a gente vai sempre lembrar dele

1 Comentário

Adriana (Strix) em 22/10/17, às 18:24: Desejo muita força à Lia nessa hora, porque a saudade dói. :/ (Reply)

Deixe um comentário

About this Entry

This page contains a single entry by mushi-san published on October 22, 2017 3:56 PM.

Menos uma =/ was the previous entry in this blog.

O chefe dos escoteiros is the next entry in this blog.

Find recent content on the main index or look in the archives to find all content.

Pages

Powered by Movable Type 5.13-en