May 2016 Archives

Cliquem na imagem para ir ao site. Dessa vez demorei só cinco meses para atualizar XD

(o blog tá um antro de anos 80: brinquedos, fotolog de Caverna do Dragão, Dicionário Marvel...)

(Animus)
Espiã da Corporação infiltrada na Shield (veja Corporação e Shield), Vamp foi membro dos Superagentes, equipe criada pela organização de contra-espionagem. Através de um dispositivo eletrônico possuído por Kligger, chefe de uma divisão da Corporação, a superagente se transformava em Animus, um monstro com superforça e poderes telecinéticos - capacidade de mover objetos com a mente. Criado em 1977 por Roy Thomas, a criatura foi destruída pelo Hulk quando este fragmentou a clava que lhe servia de fonte de força, fazendo seu alter-ego, Vamp, enlouquecer.

...

Entrei rapidinho no banheiro do shops e...


23set14 - banheiros são os melhores locais para ler e... até desenhar?

É, eu sei que é esquisito registrar isso, mas é uma esquisitice da vida, não tem como eu deixar passar sem uma fotinha. É mais forte que eu X)

(Angar, The Screamer)
Ex-cantor de rock, atualmente criminoso de aluguel, David Alen Angar foi submetido a um aparelho alienígena que bombardeou suas cordas vocais com hipersom. Isso alterou a constituição de seu mecanismo de voz, conferindo-Ihe propriedades muito especiais. Através de gritos aterradores, Angar consegue atingir os recônditos da mente humana e provocar horríveis alucinações. Criado por Steve Gerber, em 1973, ele já lutou contra o Demolidor, Serpente da Lua, Capitão Marvel, Viúva Negra e Punho de Ferro.

Falar que teve fotolog é denunciar a idade, assim como orkut, ICQ (apesar que ainda tenho, e namoro por ele desde... 2013 XD)(19376995). Bom, anos atrás consegui transferir todo o conteúdo do meu fotolog pessoal - http://fotolog.com/mushisan/ (ninguém sabe até quando existirá esse endereço, o serviço oficialmente morreu em janeiro) aqui para o blog, foram 500 imagens, com cometários e tudo o mais XD

Aí, mais tarde lembrei que tive um fotolog para o meu site de Caverna do Dragão (em eterna reconstrução.....), http://www.fotolog.com/cavernadragao/, com 235 postagens. Esse ainda não importei para o blog, mas é questão de tempo. Só que antes disso, acabei me recordando que tive um TERCEIRO flog, com capturas de tela dos DVDs do desenho animado: http://www.fotolog.com/cavernaepisodios/, que durou pouco, 17 fotos só. A idéia na época seria recontar todos os 27 episódios de CdD, mas o projeto morreu no meio da abertura do desenho :P Fracassos à parte, consegui importar todas as postagens desse fóssil de um passado distante^^ Dêem uma olhada nos arquivos de outubro, novembro e dezembro de 2004, tá tudo lá (um dia farei um índice decente ^^)

(The Ancient One)
Criado em 1963 por Stan Lee, o Ancião foi o mago indiano que ensinou todas as artes místicas a Stephen Strange. Depois de sacrificar sua vida para derrotar o terrível demônio Shuma Gorath, ele passou para um plano mais elevado de existência, deixando o Dr. Estranho em seu lugar, como o mago supremo do Universo.


Final de 2013: a exemplo das Cow Parade, aparece em São Paulo a Mônica Parade: cinquenta mônicas "customizadas" espalhadas pela cidade. Algumas foram vandalizadas (tipo a "Mônica plesa" XD), impossível não acontecer isso, outras foram colocadas em locais inacessíveis para mim e minha namorada. Por sinal, foi ela quem deu a idéia de caça-las pela cidade, fazer os registros, e eu respondi com a melhor pergunta do universo: "e por que não?"


(Sério, se você tem em dúvida de fazer algo, faça-se essa pergunta e tudo se esclarecerá)


E fizemos, e foi divertido: andamos por cantos da cidade em que raramente passamos só pra registrar uma estátua. Mas, não deu tempo de fazer todos os cinquenta registros, foram só dezoito ao ar livre, elas foram recolhidas em certa data e levadas para um shopping. Fomos para lá, ia ser sem graça, todas as mônicas certamente ficariam em algum espaço aberto, juntas para exibição. Ao menos fotografaríamos as que faltavam e ficaríamos com a sensação de missão cumprida :)


Ledo engano: as mônicas foram espalhadas pelo shopping, e tínhamos de caça-las. Ao menos o balcão de informações distribuía um guia com pistas de onde encontrar:


17dez13 - As duas páginas da listagem oficial e nosso próprio checklist (cliquem pra ampliar)

(juro que naquele dia e lugar o checklist fazia algum sentido para nós)


Algumas foram fáceis de encontrar, outras foram muito difíceis e faltando meia hora para o xops fechar, tínhamos tirados fotos de todas as faltantes. Tínhamos?


Nunca tivemos certeza, até estes dias, quando editei as últimas fotos que fizemos na época. Organização é tudo :PPP


E acho que é só. Essa série de posts não foi feita pela divulgação de personagem de terceiros nem nada, mas pelo registro de duas pessoas bobas se divertindo fazendo algo divertido :) Faz falta na vida isso, e é tão fácil e tão difícil ao mesmo tempo conseguir esse direito.


De lá para cá tiveram algumas "paradas" pela cidade, mas nada tão interessante a ponto de corrermos atrás. Será que viciamos em mônicas?


Lista das cinquenta mônicas:

1 - Mônica andando em flores (por Ale Magrini)
2 - Onesto (por Alex Hornest)
3 - (por Alex Senna)
4 - Hello, my name is “M” (por Alexander Borba)
5 - I Love dentuça! (por Ana Lage)
6 - ImagiMônica (por Andrea Brazil)
7 - Mônica minha amiga (por Angelica Pedroso)
8 - Monilistas (por Anita Kaufmann)
9 - A rua abraça a Mônica (por Binho Ribeiro)
10 - Mônica em quadrinhos (por Bira Dantas)
11 - Dentuça de galocha (por Bruno Honda Leite)
12 - Monicolor (por Cako Martin)
13 - Finnica e Jakão (por Cartoon Network)
14 - Mônica minha pela cidade (por Chivitz)
15 - Mônica Descolada (por Claudia Furlani)
16 - Monicrânio (por Crânio)
17 - A Mônica é pop! (por Cris Campana)
18 - Monicaveira (por Danilo Beyruth)
19 - Mônica Mizulina (por Erica Mizutani)
20 - Vejo flores em você (por Fernanda Guedes)
21 - Frenologia avançada (por Fido Nesti)
22 - Mônica ogra (por Giba Valadares)
23 - Saladinha azul (por Hiro Kawahara)
24 - Big Mônica (por Isabelle Tuchband)
25 - Monidacaru sem flor (por Jefferson Costa)
26 - Mônica em retalhos (por Junior Lopes)
27 - Candy memories (por Kako)
28 - Labirinto imaginário (por Kleverson Mariano)
29 - Mônica pop 50 (por Lobo)
30 - Quem é dentuça aqui? (por Luciana Assumpção)
31 - Mônica na belle époque (por Maramgoní)
32 - Mônica Embaixadora (por Mauricio de Sousa)
33 - Limoeiro (por Mauro Souza)
34 - Mônica de aço (por Michel Costa)
35 - MoniCat (por Minhau)
36 - Mônica o amor está no ar (por Miriam Nigri Schreier)
37 - Moniquets (por Monica Nudelman)
38 - Mônica Barbada (por Mulheres Barbadas)
39 - Mônica Sagrada (por O'Meira)
40 - Trajetoestável (por Paulo Sayeg)
41 - Sonhos (por Renato Guedes)
42 - Monikhalo (por Reynaldo Berto)
43 - O dono da “lua” (por Ronaldo Barata)
44 - Mônica do Bicudo (por Rui Amaral)
45 - Mônica a la Tikka (por Tikka Meszaros)
46 - Mônica DreamFreakz (por Titi Freak)
47 - Mônica Bumbá (por Titina Corso)
48 - Mônica na floresta (por Verena Matzen)
49 - Mônica, el terrible (por Wagner Loud)
50 - Mônica negra (por Zé Marcio)

(e só agora me toquei que elas estavam organizadas por ordem de nome de autor :P)

(High Evolutionary)
O geneticista Herbert Edgar Wyndham, juntamente com John Drew, o pai da Mulher-Aranha, construiu um laboratório de pesquisas na montanha Wundagore. Seu maior sonho era desenvolver um acelerador genético para evoluir criaturas. Quando obteve sucesso na invenção de seu aparelho, ele criou um exército de animais evoluidos: os Cavaleiros de Wundagore ou Novos Homens. Mais tarde, submetendo a si mesmo à ação do acelerador genético, Herbert se transformou numa espécie de deus. o Alto Evolucionário. Do outro lado do Sol, no ponto oposto ao nosso planeta, ele criou a Contra-Terra, onde desejava que homens e Novos Homens convivessem pacificamente. Uma de suas criações. porém, o Homem-Fera, subverteu toda a ordem das coisas. fazendo com que todos os erros da primeira Terra se repetissem na segunda. Para salvar seu mundo, o Evolucionário escolheu Adam Warlock e concedeu ao gladiador dourado uma jóia espiritual capaz de absorver almas. Criado por Stan Lee em 1966, ele não possui superpoderes, mas sua mente superevoluída lhe permitiu tornar-se um perito em todas as áreas do conhecimento humano e, quem sabe, sobre-humano.

É Tetra! É Tetra!! Última mônica \o/ \o/ \o/ \o/


por Fido Nesti

E essa até é legal XD Aproveitem, e leiam sobre frenologia, uma pseudociência que foi moda no século XIX - e que dá nome e sentido pros desenhos nessa obra :)

Quando: 17/12/13 (21:24) - Onde: Shopping Eldorado

Talvez o que mais me atraiu nessa seja a quantidade de detalhes. Não é das melhores, mas é um dos meus fracos x)








lado, lado, verso e coelho




detalhes do coração e do rosto (atenção pro esquema interno dos dentes XD)


e uma psicóloga ao lado de Freud.

Ela até parece ser uma pessoa séria nessa foto :PPPP

Mônica Parade
01020304050607080910
11121314151617181920
21222324252627282930
31323334353637383940
41424344454647484950

(Alicia Masters)
Namorada do Coisa, Alicia, apesar de cega, é uma escultora de renome. Criada por Stan Lee em 1965, a jovem perdeu a visão no acidente que o sócio de seu pai preparou para matá-lo. Mais tarde esse sócio tornou-se o Mestre dos Bonecos, um dos maiores inimigos do Quarteto Fantástico.

Mais uma mônica na categoria "tava com pressa, joguei tinta, fiz uns rabiscos, se me derem nota cinco, passo de ano".


por Isabelle Tuchband

Muito amor, esse dois esse dois

Quando: 17/12/13 (21:23) - Onde: Shopping Eldorado

Fotos de costas e de um Sansão com olhos esquisitos:




Os olhos do coelho me lembraram os dos Malvados em sua fase mais inicial

Mônica Parade
01020304050607080910
11121314151618171920
222324252627282930
31323334353637383940
41424344454647484950

(Alan Cavenaugh)
Criado por Chris Claremont, em 1976, Alan foi um guerrilheiro irlandês que desistiu do terrorismo depois que uma de suas bombas acidentalmente matou várias mulheres e crianças. Ele se tornou amigo do Punho de Ferro quando este o salvou de ser assassinado por seus ex-companheiros de guerrilha.



Me considero amusical. Apesar de ouvir música quase sempre, como ruído cinza, não sigo cantores, bandas ou estilo: vou pegando o que acho legal e vou montando minha playlist, que é até que meio aleatória em estilos. Quando to de bode, coloco o itunes para tocar as músicas em ordem de preferência. Quando to de muito bode, desligo música e tento fugir pro silêncio. Quando to de bode demais, saio da internet de vez, melhor ir dormir.
E cliquem na imagem para ver a pergunta no ask.fm e aproveitem para fazer qualquer pergunta lá. Ao menos uma vez por mês escolho alguma pra responder :PP

(e decidi responder outra tão rápido por motivos de: a resposta surgiu de repente na minha cabeça quando a pergunta apareceu XD)

Ah, sobre a Joana Aninha: http://livro.mushi-san.com/2arias/tiras_015.php#141

(Agatha Harkness)
Uma feiticeira com poderes ocultos, ela serve de babá para Franklin Richards, filho de Reed Richards, o Senhor Fantástico, e Sue Storm, a Mulher Invisível, integrantes do Quarteto Fantástico. Criada em 1969 por Stan Lee, a senhora Harkness, além de ajudar na educação do garoto, já auxiliou diversas vezes o Quarteto Fantástico em suas missões.

Sábado é dia de passar na Sé, ponto.

E volta e meia consigo tirar uma foto que considero legal. Pode não ser para você, mas para mim ficou X)


26mar16



E nesse dia um coral estava ensaiando uma peça musical, ou trecho, que até que achei legal.... alguém sabe qual é?

(Adaptoid)
Ser artificial produzido peIa IMA (veja IMA), ele foi baseado em planos de andróides, roubados da Shield pela organização criminosa. Criado por Stan Lee em 1966, o Adaptóide não possui feições e é capaz de assumir os poderes e a aparência de qualquer pessoa que surgir a sua frente.
Em sua primeira missão, o andróide absorveu as qualidades do Golias, da Vespa, do Capitão América e do Gavião Arqueiro, mudando seu nome para Superadaptóide.



Preconceito. E tentativa de fazer o preconceito valer "pondo as pessoas em seu devido lugar".

(Ndtll é uma personagem de minhas tirinhas, ela não é exatamente uma boa menina livre de preconceitos... http://livro.mushi-san.com/2arias/tiras_015.php#133)


E cliquem na imagem para ver a pergunta no ask.fm e aproveitem para fazer qualquer pergunta lá. Ao menos uma vez por mês* escolho alguma pra responder :PP

(menos dessa vez, mas é que atrasei em tudo no blog por dois meses :P)

(Silver Dagger)
Criado por Steve Englehart em 1974, o Adaga de Prata foi um dos grandes inimigos do Dr. Estranho. Obcecado por destruir feiticeiros e tudo que se refere a magia, ele usou de seu grande poder mental para penetrar no santuário do mestre das artes místicas e esfaqueá-lo com seu punhal prateado. Felizmente, entrando no globo mágico de Agamotto, Stephen Strange conseguiu escapar da morte aparentemente inevitável.

Se for pra brincar de dar subtítulo pra estes posts (como fiz antes, "retomando", "insistindo"), o da vez seria "vencendo" :P

Últimas leituras e antes:
Dupla Fantasia Heróica (volumes 1 à 3), com contos do Christopher Kastensmidt (um dia aprendo a escrever esse sobrenome sem consultar o Google), Roberto Causo e Simone Saueressig - três livretinhos que, apesar do título com apelo comercial nulo da coleção, valem a pena. Principalmente pelos contos do Christopher e o da Simone (que foi minha "parceira" no já saudoso Quotidianos). Apesar de parada há alguns anos, espero que surga em breve um quarto, quinto, enésimo volumes para a coleção :)
Armada, de Ernest Cline - devorei em CINCO dias o.o Apesar de vários clichês e aceitar passivamente o militarismo, é o livro que eu gostaria de ter escrito aos quinze anos: naves espaciais, invasão alienígena, um plano secreto em execução há décadas. E entupido de referências nerd, especialmente dos anos 80!
A Ilha dos Ossos, da Ana Lúcia Merege - outro livro devorado, bem mais ágil que O Castelo das Águias: uma perseguição rica em descrições e batalhas por piratas por Athelgard, um mundo de espada e magia. Só peca no final, em que um dos protagonistas ganha algo que não sentiu falta, nem desejou durante o livro inteiro ^^



Últimas compras e antes:
O Pequeno Príncipe, de Antoine de Saint-Exupéry - ok, eu já li esse livro antes, o que essa edição tem de especial? É pop-up, e dos mais lindos *-* Lindamente comprado com meu vale-cultura, queria dizer que livro não é só texto, também é objeto :P
Ouro, Fogo & Megabytes; Prata, Terra & Lua Cheia e Ferro, Água & Escuridão, de Felipe Castilho - a série também conhecida como "Legado Folclórico". Ainda falta sair o quarto volume, "Aço, Vento & Sacrifício", e não sei se aguardo para ler tudo de uma vez, ou leio antes... bom, com meu ritmo de leitura, capaz de ler tudo bem depois =_='
Malleus Maleficarum - o Martelo das Feiticeiras, de Heinrich Kraemer e James Sprenger - manual medieval de caça às bruxas :P É um documento interessantíssimo da época, mas que temo ter um texto sacal de se ler. Até um tempo atrás, as edições nacionais desse livro eram vendidas em sebos à preços abusivos e pelo jeito o selo Rosa dos Tempos decidiu lançar uma edição nova :)


ìndice de resenhas e movimentações da minha estante:

(The Vulture)
Supervilão alado que assombrava a todos por praticar roubos sensacionais sem ser apanhado... até que apareceu o Homem-Aranha. Este descobriu que o bandido usava um dispositivo magnético para voar e usou um inversor antimagnético para vence-lo. Criado por Stan Lee em 1963, apesar de ter sido derrotado, o Abutre ainda voltou a agir várias vezes, sempre na intenção de destruir o Homem-Aranha, seu maior inimigo.

É, Dicionário Marvel.

Para quem comprava gibis da Marvel no começo dos anos 80, ou caçou edições antigas para completar a coleção como eu (dato meus primeiros gibis de super-herói em 1985 ou 86)(preciso brincar mais de "querido diário" no blog e falar disso e da minha relação com os comics), sempre encontrava nas últimas páginas o "dicionário marvel", uma enciclopédia em fascículos que juntou quase 260 páginas e mais de 600 verbetes sobre a Casa das Idéias, cobrindo principalmente os personagens da editora.
Muita gente, inclusive eu, destacou das revistas todas as páginas do Dicionário, à espera de uma capa dura para encadernar a coleção, que infelizmente nunca ocorreu.
Recentemente, vi fac-símiles à venda da obra completa, piratamente bem-feitos, mas nunca os vi fisicamente - se isso acontecer, capaz de eu comprar :P

Bom, com o final da digitação das receitas de Marissel (e pregui em procurar o lote final, que minha mãe lembra onde guardou), senti falta de ter um "filler" nas postagens do blog. Tempos atrás tinha baixado um scan do dicionário, comecei por diversão própria a por as páginas individuais num site de OCR e organizar os verbetes num TiddyWiki. Por que não por aqui no blog?
Mandei mensagem pedindo autorização para um dos criadores do Dicionário, o Jotapê Martins, e ele me "autorizou" (entre aspas, por que ele e o Hélcio de Carvalho nunca foram creditados no material) :D

Assim, vou colocar todos os verbetes da obra aos poucos e sem promessas de ritmo - é um trabalho para os próximos anos (assim como foram as receitas). Eventualmente quero organizar um mini-site com pesquisa interna e download ^^ Claro que, é uma obra defasada atualmente, mas o valor sentimental do dicionário e dos personagens naquela época é alto para os leitores da época. E deixar mais um registro do passado gratuitamente na web é algo me deixa muito satisfeito :P
Afinal, a internet é feita pra isso, ao menos para mim: divulgar, trocar e criar conhecimentos ^^

(The Abomination)
Após receber uma dose maciça de raios gama. Emil Blonsky, um espião iugoslavo disfarçado de soldado na Base Gama, transformou-se na criatura conhecida como O Abominável. Criado em 1967 por Stan Lee, ao contrário do Hulk, ele manteve sua consciência e inteligência e passou a ser o maior inimigo do monstro verde.

Haja poeira aqui ≈_≈

Desculpem a minha falha, vamos ver se retomo a rotina. Abril herdou os problemas de março, teve a vergonha do dia 17 e terminou comigo tendo uma febre-monstro no dia do lançamento do novo Quadrinhos A2... deixa eu contar isso:

Na sexta à noite, algum vizinho (que morra corno*) decidiu tocar fogo em lixo, enchendo meu quarto de fumaça. Como meu olfato é RUIM, tossi muito até perceber o cheiro. Dormi com tosse, acordei com tosse, bastante molão. Decidi dar a tradicional voltinha de sábado pelo centro, quem sabe saia a moleza do corpo.
Nem. Fiz uma versão reduzida do trajeto, esticando apenas para prestigiar o novo quadrinho dos amigos e voltei pra casa, dando pausas para dormir nas cadeiras de algumas estações.

Cheguei em casa, dormi, e só depois medi a temperatura: 39,5°C O.O Tomei remédio, banhos, baixei a temperatura até 37 e alguma coisa e capotei.

...acordando no domingo com quase 39 graus de novo.^^""""

(sério, quando tenho altas de temperatura, elas geralmente pulam do 36 para o 38 sem escalas)

Corri para hospital, tomei soro com remédio, comprei antibiótico (o diagnóstico era garganta inflamada) e to vivo, com tossezinha, mas essa tenho certeza que é de ar condicionado.

Sério. Eu to me cuidando, juro!

E bora tentar retomar a rotina (já falei isso hoje), pondo uma pedra nesse hiato por motivos maiores e menores :P

* essa frase não precisa de vírgulas. Mas se a incluir, o significado continua válido.

About this Archive

This page is an archive of entries from May 2016 listed from newest to oldest.

April 2016 is the previous archive.

June 2016 is the next archive.

Find recent content on the main index or look in the archives to find all content.

Pages

Powered by Movable Type 5.13-en