September 2014 Archives

Meu fanzine com a @a_believe agora tem casa: criei um site para o Sine Qua Non, com índice, links para as páginas originais dos artigos, perfil dos poucos participantes (além de nós dois, houveram colaborações do @prisco_ e @strixvanallen) e versões completas para download ou para serem lidas no Issuu :)

http://sinequanon.mushi-san.com/


Espero que curtam, visitem, etc =)

(e se vocês gostarem desse negócio de Zine, visitem o site-memorial do CYMBótico, que fiz com amigos no fim dos anos 90: http://cymb.mushi-san.com/)

Tentando ressussitar o hábito de resenhar o que consumo, pra praticar um ritmo de escrita menos letárgico X) A leva da vez será apenas de quadrinhos:

Valente - para o que der e vier (de Vitor Cafaggi): confesso que nunca li Puny Parker (a história do alter-ego do Homem-Aranha, na infância) e não me interessei quando o Cafaggi trocou o personagem da Marvel pelo Valente. Comprei os três encadernados pela Panini na FIQ do ano passado, e nem de longe me arrependi, de forma alguma =) Semana passada soube que saiu um quarto volume e comprei ASAP.
Para resumir: Valente é um jovem tímido, que se ilude demais, cheio dos amores platônicos, e as tiras nestes encadernados contam suas idas e vindas amorosas, com sucessos e fracassos. Além disso, tem amigos, uma conselheira, um hilário grupo de RPG e uma irmãzinha como cast secundário muito legal.
Veredicto: recomendo SIM. É o tipo de história que eu deveria ter lido SIM quando era um adolescente BESTA cheio dos amores platônicos x)
Bom: personagens, artes, ritmo de roteiro. Povo que gosta de histórias de porrada deve passar longe.
Mau: "numeração" confusa, isso é, a não ser que eu faça uma busca na internet, como vou saber que a ordem das quatro edições é "Valente para sempre", "Valente para todas", "Valente por opção" e "Valente para o que der e vier"?
Site oficial: http://punyparker.blogspot.com.br/


Bram & Vlad #1 (de Adriana Strix): aqui é uma resenha não-isenta, já que a autora é uma amiga bem chegada e as tirinhas de B&V já foram publicados no meu semi-zumbificado site mushicomics, além de terem site próprio :) Assim, antes de tudo, digo 1) leiam as tiras no site, são legais! 2) comprem o livro, que engloba o primeiro e segundo anos da série (já está no sétimo!) mais tirinhas algumas inéditas. Como é auto-publicação, vocês ajudam muito a autora :D
Bram&Vlad conta a histórias e o dia a dia de descendentes dos personagens de "Drácula", o livro de Bram Stoker. E enquanto o descendente de Van Hensing (o caçador de vampiros) é calmo, sociável e bem humorado; o herdeiro do vampiro é justamente o oposto. Assim mesmo, há uma amizade entre os dois e outros personagens-também-descendentes (não só da obra do Stoker) completam a turma e movem a série =)
Claro que, como são tiras "iniciais", há alguns tropeços narrativos. A arte também pode desagradar os que buscam o "prazer estético do desenho perfeito e profissional" (não é meu caso), já que a autora desenha como hobby nas horas livres X)
Veredicto: é legal :D
Bom: já falei demais, sou suspeito x)
Mau: além dos problemas citados acima, 40 páginas é rápido demais para ser lido.
Site oficial: http://bramevlad.blogspot.com.br/
PS: a minha edição é autografada, a de vocês não :P (e a capa impressa ficou bem mais escura que a miniatura acima)


Como eu realmente... #1 (de Fernanda Nia) - outra série vinda da internet, nem lembro como eu descobri, se por indicação de amigos, ou algum tweet, só sei que a premissa "o que as pessoas dizem/fazem; e o que realmente penso/faço/deliro" me pegou. Na verdade ficava até com raiva quando chegavam links do recicladíssimo tumbr "como eu me sinto quando", achando que eram pras tirinhas :PP
Voltando aos quadrinhos, as situações são divertidas, criativas, exageradas no bom sentido. O traço da autora pode ser considerado "repetitivo" e "fofo demais" para alguns, mas funciona muito bem na premissa de constrastar realidade com a imaginação X)
Veredicto: é o tipo de leitura leve que você pode emprestar para quase todo mundo, tirando algumas piadas que são meio "coisa da internet demais". Ainda farei minha mãe ler :D
Bom: além de tudo, o acabamento gráfico está impecável, colorido até! o.o
Mau: acho que alguns comentários poderiam ser bem mais concisos, ou menos auto-justificativos. Os gatos de casa comentaram que tem humanos demais e Srta Garrinhas de menos no volume.
Site oficial: http://www.comoeurealmente.com/
PS: a minha edição é autografada, a de vocês não :P [2]


São Jorge: volumes I (Soldado o Império) e II (A Última Batalha) (de Danilo Beyruth) - A única HQ dessa leva que não surgiu na web :P E, coincidentemente, estou lendo uma série de livros nacionais passados no império romano, mas depois falo a respeito. Como vocês podem deduzir, é uma biografia do santo do meu timão :P Como é um personagem cheio de lendas (aham, existem dragões), o autor tomou algumas liberdades, criando uma história bastante realista.
Sinceramente, gostei :) Além da ótima arte, Danilo Beyruth sabe narrar e compor as cenas. A solução para "explicar" o dragão no mundo real está bem condizente com a proposta e as visões que o personagem tem nas páginas antes do final fazem pensar, dentro do espírito religioso do personagem. Aí tem um dos melhores demônios que já li :P
Por outro lado, me incomoda o desenvolvimento de alguns secundários, notadamente os romanos de graduação mais alta: para mim são quase indistinguíveis entre si, e já que não foram tão desenvolvidos, poderiam ser em menor número de boa. Mas o que me incomodou MESMO foi usarem, na última página, a expressão "muçulmano" numa história passada trezentos e tantos anos antes de Maomé. Tipo de furo imperdoável para um trabalho tão bonitinho de pesquisa histórica =_= Deve ter sido praga do dragão.
Veredicto: apesar dos problemitos, recomendo, recomendo e recomendo x)
Bom: boa arte e roteiro competente somados a um tema histórico bem pesquisado. O que mais vocês querem?
Mau: o formato pequeno (do tamanho de um gibi da Monica) e a divisão em dois volumes, a história de um personagem tão corajoso não merecia um formato tão precavido.


gratuitamente me lembrando que achei São Jorge lá em Berlim :)

Resenhas anteriores
xxxHolic (mangá) e Tsubasa: Reservoir Chronicle (mangá)Capitão América (filme) e Hollow Fields (mangá)Epic Mickey (hq) e Av. Paulista (hq)mushi-san no heya

Recebi essa tira no tweet da vida, mas sem os créditos, com sorte achei fácil a fonte - ela é inspiracional pra mim, ou desejo de que me aconteça algo inspiracional :P

Fontes: o autora tem um site (Carole Maurel - Illustratrice) e um blog (Ze Carole Maurel' Blog), mas o preguiçoso aqui não achou essa arte em específico em nenhum deles X)


Não, continuo não tendo facecoisa

Não sei que é pior, o que as pessoas que não me conhecem ao vivo pensam de mim, tipo a Fernanda Como Eu Realmente Nia ou a @pinkmichelaum, ou as que me conhecem ao vivo fazem os outros pensarem de mim, tipo as srtas A. Believe e Adriana StrixVanAllen¬¬

O espanhol das frases acima certamente está incorreto em vários níveis ("lhama, como te chamas?", "a lhama vos ama?" - é o que tentei dizer), mas foi como eu e namorada nos divertimos indo ao Peru: repetindo estas frases bobas e nos lembrando que lá era a terra das lhamas^^
"e-ei, mushi, você foi ao Peru?? Quando foi???"
"Semana passada!" eu respondo :P

E, claro, pretendo fazer uma série de posts, que também corre o sério risco de ter longos intervalos entre as postagens, como os inacabados relatos sobre o Japão e a Europa (além das receitas, as mônicas, etc). Mas sou brasileiro e desisto nunca, né? ;)
Enfim, esse post é para deixar "mapeado" aqui os dias da viagem e o que aconteceu, em pouquíssimas palavras, para serem completadas nO Futuro :P
06 - acordar de madrugada. Ida pra Lima. Conhecer Lima.
07 - ida pra Cuzco. Dia livre. Desmaios.
08 - ruínas incas e igrejas sobre templos.
09 - ida para Machu Picchu. Subir a montanha. Melhor hotel ever!
10 - bora descer a montanha? Volta à Cuzco
11 - ida para Lima. Andar um monte. Show de luzes e ônibus.
12 - pirâmide e Oceano Pacífico.
13 - acordar de madrugada, volta pra Sampa.

Bom, com a declaração de que Hello Kitty não é uma gata - mas uma menina inglesa - depois desmentido (por pressões da sociedade, aposto), gostaria de dizer que:
1) eu também não sou uma joaninha. [twitter]
2) se ela nasceu com corpo de gata, mas se identifica como um cachorrinho, devemos respeitar o desejo dele. [twitter]
3) logo depois Snoopy avisou que é um cachorro.

E apesar de não curtir a personagem, gostaria de dizer que ela tem praticamente a mesma idade e está bem melhor que eu e os detratores dela pelo seguinte motivo: ela não abre a boca à toa. Fim.

(e Hello Kitty é marca registrada da Sanrio e tal)

Terceiro mapa publicado =) Não creio que todos os cinco serão publicados no site, mas....

Bom, esse é um dos que mais gostei do resultado fina, dos que deu mais trabalho (demorei para encontrar uma forma satisfatória para representar as montanhas e vales - cheguei a fazer vários mapas topográficos e experimentos em 3D, em vão XD) e dos que o cliente mais me deu broncas (desenhei a cidade com uma intenção bem diversa dele)(que ficou melhor que minha proposta)


clique na imagem para ler o texto completo


Esse e os outros quatro mapas encomendados aparecerão no próximo livro do Antonio Luiz M. C. Costa, "Crônicas de Atlântida: O Olho de Agarta", continuação de "Crônicas de Atlântida: O tabuleiro dos deuses" que sairá antes do final do ano :)

Outros mapas e links: AtlântisPótnias CalípolisRutá"Faço mapas de mundos ficcionais a preços módicos"

About this Archive

This page is an archive of entries from September 2014 listed from newest to oldest.

August 2014 is the previous archive.

October 2014 is the next archive.

Find recent content on the main index or look in the archives to find all content.

Pages

Powered by Movable Type 5.13-en