October 2016 Archives

(Diamond)
Arch Dyker, criado por Marv Wolfman em 1976, desde pequeno almejava ser bandido. Quando atingiu a idade adulta, ao invadir um laboratório, foi atingido pelos raios laser emitidos por um projetor à base de diamante, e transformou-se num ser de pele, semelhante ao cristal precioso. Invulnerável e resistente como a gema que lhe deu o nome, Arch Dyker foi derrotado pelo Nova e, logo a seguir, recrutado pelo vilão Condor (veja Condor) para que, juntos, enfrentassem o misterioso Esfinge (veja Esfinge) - tentativa que foi frustrada e ambos acabaram derrotados.


Índice: ABCSobre esse projeto

(Diablo)
Esteban Diablo nasceu na Espanha, no inicio do século XIX. Filho de um nobre. curioso e inventivo por natureza, o jovem se tornou fascinado pela antiga ciência da alquimia. Usando dinheiro de seu pai, ele começou a percorrer a Europa em busca de documentos e artefatos alquímicos, bem como ervas e poções para fazer experiências. Em menos de dez anos, Esteban se tornou a maior autoridade do mundo em alquimia. Astuto, Diablo começou a usar seus conhecimentos para ganhos pessoais. Viajando à Transilvânia com o objetivo de investigar os mistérios lendários do país. Esteban decidiu se estabelecer ali e construir um laboratório no interior de um castelo. Tendo desenvolvido inúmeras poções de efeito transitório, Diablo conseguiu descobrir um elixir capaz de retardar o envelhecimento do corpo. Ingerindo a substância, o vilão iniciou um reinado de terror sobre os transilvânios até que, um dia, os habitantes de uma vila conseguiram aprisioná-lo no interior de uma cripta. O alquímico permaneceu preso ali até meados do século XX, quando hipnotizou Ben Grimm (veja Coisa), e fez com que este o libertasse. Criado por Stan Lee em 1964, sem ter envelhecido quase nada durante o século de confinamento, Diablo começou novamente a planejar suas conquistas usando a alquimia, tendo sido inúmeras vezes combatido pelo Quarteto Fantástico.


Índice: ABCSobre esse projeto

(Deviants)
Os Deviantes são uma raça experimental, criada há aproximadamente um milhão de anos pelos extraterrestres chamados Celestiais (veja Celestiais). Para testar a versatilidade dos genes humanos, os Celestiais modificaram os complexos de DNA (molécula responsável pela transmissão de informações hereditárias de um ser vivo para seus descendentes) de alguns homens primitivos, que chamaram de Deviantes, para que suas características físicas mudassem a cada geração. Dessa forma, o filho de um deles não herdaria nenhuma das características de seus pais. Devido a instabilidade de sua estrutura genética e alta taxa de mortalidade infantil, a raça Deviante nunca foi muito numerosa. Atualmente, existem cerca de dois mil desses seres no planeta, a maioria vivendo sob o solo ou sob o mar. Eles foram os primeiros seres da Terra que desenvolveram tecnologia, mas seus avanços nunca ultrapassaram os obtidos pelo ser humano no mundo moderno. Criados em 1976 por Jack Kirby, seu sistema de governo é a monarquia, e eles passam a maior parte do tempo guerreando contra seus semelhantes e buscando a estabilidade genética da raça.


Índice: ABCSobre esse projeto


26dez15 - Martins Fontes da avenida Paulista^^


A reconstrução do meu site de Caverna do Dragão continua, devagar e firme (ui!) - já foram lá? http://caverna.mushi-san.com/, anteontem coloquei de volta a clássica matéria de Pablo Miyazawa para saudosa Herói 2000, de DEZESSETE anos atrás =_=, que desvenda a veracidade do boato de que os personagens estavam mortos (não, não estavam) e trouxe ao conhecimento do mundo Réquiem, o verdadeiro roteiro do último episódio do desenho que marcou uma geração :D

Não muitos dias de ter postado sobre lembranças físicas das Olimpíadas aqui em Sampa, achamos isso aqui:




29set16 - Ibirapuera



...indicações de onde passou a Tocha Paraolímpica por aqui :)

(Woodgod)
Criatura gerada de uma combinação de genes humanos e animais. Do tronco para cima, ele tem forma humana, enquanto seus membros inferiores são semelhantes aos de um bode. Seu pai e criador foi David Pace, um cientista do governo americano. O cientista e sua esposa, Helen, trabalhavam secretamente em uma fazenda, pesquisando um gás de ação nervosa. O povo do vilarejo próximo, atemorizado pelos experimentos, destruiu o laboratório e quebrou os recipientes onde o gás estava armazenado acidente que matou todos os seres vivos num raio de 15 milhas, com exceção do deus da mata. Criada por Bill Mantlo em 1976, o desenvolvimento mental na criatura acontece bem mais depressa do que no ser humano.


Índice: ABCSobre esse projeto

(Havok)
Alexander Summers era o mais jovem dos dois filhos de um major da Força Aérea. Quando era criança, o avião pilotado por seu pai, levando sua mãe e irmão, foi interceptado por uma nave do Império de Shiar (veja Império de Shiar) e caiu. Os dois garotos conseguiram se salvar, saltando da aeronave com um pára-quedas, e foram hospitalizados devido aos ferimentos que sofreram na queda. Scott, o mais velho, ficou em coma por cerca de um ano, enquanto Alexander se recuperou em duas semanas e foi colocado em um orfanato. Logo adotado, Alexander Summers tinha muito pouco contato com Scott, depois que este se recuperou e saiu do hospital. Foi por esse motivo que Alexander só ficou sabendo que Scott possuía poderes mutantes e era o Ciclope dos X-Men (veja Ciclope) quando se formou na universidade. Nessa mesma época, o jovem Summers também tomou conhecimento de suas próprias habilidades mutantes - a capacidade de absorver energia cósmica e transformá-la em ondas de choque. Ahmet Abdol, um professor de Arqueologia também mutante, descobriu um elo psíquico entre ele e Alex, elo que bloqueava a capacidade que Abdol tinha de armazenar energia cósmica no corpo. Capturando o rapaz e levando-o a seu laboratório no Egito, Ahmet encontrou uma forma de isolar a influência de Summers e, com isso, libertar todas as potencialidades de seu ser. Fazendo isso, o arqueólogo transformou-se no Monolito Vivo (veja Monolito Vivo), um mutante de dez metros de altura, possuidor de vasto poder cósmico. Combatendo os X-Men, o Monolito foi derrotado quando os poderes latentes do corpo de Summers venceram o isolamento e passaram a novamente interferir no mutante maligno. Incapaz de controlar as ondas de choque que emanavam de seu corpo, Alexander preferiu permanecer no deserto do Egito, quando os X-Men voltaram para a América. Logo, porém, ele foi capturado por um dos Sentinelas (veja Sentinelas) e levado ao covil de Larry Trask (veja Larry Trask). Trask deu-lhe um uniforme com um monitor para controlar sua energia e nomeou-o Destrutor. Quando os X-Men conseguiram libertar todos os mutantes que Larry mantinha cativos, Summers acompanhou seu irmão e o restante do supergrupo de volta à civilização, onde começou a fazer tratamento para controlar sua energia. Criado em 1968 por Roy Thomas, atualmente o Destrutor participa de algumas missões junto com os X-Men e mora no deserto com Polaris, a rainha do magnetismo (veja Polaris).


Índice: ABCSobre esse projeto

(Destroyer)
Armadura inerte, dotada de grande poder, foi construída por Odin (veja Odin) com um propósito ainda desconhecido. Conceito idealizado por Stan Lee, em 1965, para ser ativada, ela precisa absorver a alma de um ser humano ou deus - que corre o risco de ficar preso eternamente na armadura, caso não volte ao seu verdadeiro corpo em um determinado tempo.


Índice: ABCSobre esse projeto

(D' Spayre)
Demônio capaz de induzir medo e desespero nos seres humanos, Desespero foi criado por Chris Claremont, em 1978, e possui poderes místicos inconcebíveis. O ser do mal habita um outro plano de existência, no qual representa a força negativa, oposto a um outro ser que simboliza o bem. Sua primeira tentativa de conquistar a Terra e outras dimensões foi barrada pelo Homem-Aranha e Homem-Coisa.


Índice: ABCSobre esse projeto

(Melter)
Bruno Horgan era um industrial que se especializou em criar e produzir armamentos para o governo dos Estados Unidos. Quando uma equipe de fiscais provou que Bruno estava usando material de baixa qualidade nos projetos que estavam sendo desenvolvidos, a indústria foi à falência e os contratos assumidos foram entregues a seu maior competidor, Anthony Stark (veja Homem de Ferro). Enquanto uma de suas fábricas estava sendo desmontada, Horgan notou um estranho fenômeno: um aparelho experimental de radar começara a funcionar, mas com defeito. Emitindo uma luz quase cegante, o aparelho derreteu todos os componentes de ferro que seus raios atingiram. Horgan levou o instrumento para ser analisado em seu laboratório particular e descobriu o que havia provocado aquela luminosidade destruidora. Imediatamente, ele redesenhou o aparelho para que pudesse adaptar-se ao seu tórax e, equipado com a arma, começou sua carreira como o Derretedor, atacando as Indústrias Stark. Criado por Stan Lee, em 1963, ele causou muita dor de cabeça ao invencível Homem de Ferro, que quase teve de retirar o "invencível" de seu nome depois de enfrenta-lo.


Índice: ABCSobre esse projeto

Muuuuuuuuita gente precisa dessa conversinha.

Fonte: tumblr da Strix (uma das raras comentaristas desse blog :P), A touca da raposa, mundialmente conhecida por criar Bram & Vlad :P

...então, esse pensa que sua dona está se afogando

Nessa semana que passou:
1) Foi a segunda pós-greve+férias, então eu já me sentia atropelado e fui atropelado mais um pouquinho pela legião de toscos que atendo XD
2) Meus pais viajaram a semana toda, então tive de me virar cuidando da casa (eu, quatro gatos, um poodle bem velhinho com todas as doenças da idade, as plantas de minha mãe XD)
3) Começou o horário de verão. Gosto dele, amo de corazón, mas a primeira semana é viver no modo hard.
4) Calor infernal pra juntar tudo isso.
5) Um dos meus monitores quebrou.
6) e cereja do bolo: estresse com entregadora da Amazon (dica: fujam da Loggi), que veio aqui quatro vezes enquanto eu estava no trabalho, não me encontrando, mesmo avisando por e-mail que eu não estaria em casa. No fim das contas, depois de levarem bronca da Amazon, entregaram para um vizinho e danificaram um dos livros .-.

Bom, exceto se voltar a esquentar demais, ou algum imprevisto (toc-toc-toc), as coisas melhoram.

(Daredevil)
Matt Murdock era filho de Jonathan Murdock, um lutador de boxe cuja maior preocupação era fazer com que o jovem não seguisse a carreira do ringue. Embora o rapaz tivesse jurado que jamais seria boxeador e que estudaria muito para se tomar advogado, nas horas vagas ele fazia exercícios com o equipamento de ginástica do pai. Um dia, quando cursava a universidade, Matt viu um caminhão desgovernado indo a toda velocidade na direção de um cego. Num ato heróico, Murdock conseguiu salvar o pobre homem do atropelamento fatal. Contudo, um frasco contendo despojos radioativos que o caminhão carregava partiu-se perto do rapaz e este foi atingido pela forte radiação do material. A radioatividade deixou Matt cego, mas, em compensação, ampliou todos os seus outros sentidos e concedeu-lhe um fantástico “radar mental", capaz de detectar com precisão todas as formas a sua volta. Quando o pai de Murdock foi morto por gângsteres, o jovem confeccionou um uniforme para ocultar seu rosto e foi buscar vingança. Depois de ter capturado os dois responsáveis pelo assassinato, Matt decidiu continuar usando suas fantásticas habilidades de atleta para combater o crime, mas incógnito, adotando como nome de guerra o apelido que recebera quando era garoto: Demolidor. Criado em 1964 por Stan Lee, o homem sem medo já fez dupla com a Viúva-Negra na defesa da lei (veja Viúva-Negra). Contudo, após um romance frustrado, ambos se separaram. Das mulheres que passaram pela vida do grande herói, nenhuma o marcou mais do que Elektra (veja Elektra), seu primeiro amor, ainda nos tempos de faculdade. Atualmente, o Demolidor namora Heather Glenn (veja Heather Glenn), filha de um grande industrial falecido. Embora esteja constantemente enfrentando os mais perigosos assassinos, as únicas armas de que o Demolidor dispõe são seus sentidos hiperaguçados e uma bengala, que se divide em dois bastões: um deles, reforçado com aço, o herói usa para se defender e arremessar contra os criminosos com uma pontaria assustadora; o outro contêm em seu interior um cabo de náilon de aproximadamente dez metros, com um gancho na ponta.


Índice: ABCSobre esse projeto

(Sir Denis Nayland Smith)
Criado pelo escritor inglês, Sax Rohmer, há muitas décadas, Sir Denis e seu amigo, Dr. Petrie (veja Dr. Petrie) têm sido os maiores inimigos do diabólico Fu Manchu. Ex-integrante da Scotland Yard, ele e Black Jack, seu companheiro inseparável (veja Black Jack Tarr), entraram para o serviço secreto inglês, o MI-6. Lá, ainda combatendo seu arquiinimigo oriental, ele passou a ser auxiliado por Shang Chi, Leiko Wu e Clive Reston (veja Mestre do Kung Fu, Leiko Wu e Clive Reston). Atualmente, todos os cinco abandonaram o MI-6, porque a organização estava completamente corrompida - fato, porém, que não os impediu de continuar lutando, juntos, contra os planos de conquista de Fu Manchu.


Índice: ABCSobre esse projeto

Morra de inveja, Escher.


11dez15 - calabouço da senzala


01out16 - carro H666, porta 66

Curiosidades:
1) o palavrão no título do post é o nome do medo do número seiscentos e sessenta e seis.
2) apesar de ser considerado o número da besta na Bíblia (Apocalipse 13:18), alguns manuscritos apontam outro número: 616 (χξϛ ou χιϛ na notação grega usada)

(The Defenders)
Grupo de super-heróis criado em 1971 pelo talento de Roy Thomas e Stan Lee. Yandroth, um malévolo cientista e antigo inimigo do Dr. Estranho (veja Dr. Estranho) preparou um esquema infalível para destruir o mundo após sua morte. Reunindo uma série de conhecimentos que obteve em uma outra dimensão, o vilão construiu um aparelho fantástico, sintonizado aos seus batimentos cardíacos. No momento em que seu coração parasse, a máquina faria explodir todo o estoque de armas nucleares da Terra. Tomando conhecimento do plano diabólico, Stephen Strange reuniu Namor, o príncipe submarino, e o Incrível Hulk para auxiliá-lo em sua missão de salvar o mundo. Felizmente, o esquema diabólico não chegou a ter sucesso, graças à intervenção dos heróis, e tudo acabou bem. Naquele dia, em face da emergência, nasceram Os Defensores, uma equipe de superseres cuja reunião só acontece quando alguma ameaça terrível torna isso necessário. No princípio, o grupo contava apenas com a participação do Dr. Estranho, Namor e Hulk. Mais tarde, aderiram o Surfista Prateado, Valkíria e Gavião Noturno.


Índice: ABCSobre esse projeto

(Deathlock)
Luther Manning alistou-se no exército no final da década de setenta e foi galgando os escalões militares até se tornar coronel. Durante treinamento de guerra, Manning foi severamente ferido pela explosão de uma mina. O Major Simon Ryker, então, aproveitou para usar seu corpo mutilado em um projeto cujo objetivo era criar supersoldados cibernéticos. O cérebro, sistema nervoso e tecidos remanescentes do corpo de Manning foram transplantados para um corpo sintético. Quando acordou da operação, Luther estava no interior de um corpo que não era totalmente seu, com um minicomputador ocupando a porção de seu crânio. Foi lhe dado, então, o nome de Deathlock. A princípio, ele era um agente de Harlan Ryker - O irmão do major Simon e desonesto cientista que realizou a delicada operação em seu corpo - mas, posteriormente, Deathlock libertou-se do domínio do vilão e passou a agir como um agente livre.


Índice: ABCSobre esse projeto

(David Griffith)
Criado em 1972 por Archie Goodwin, David é sobrinho do dono do prédio onde Luke Cage tem sua agência de detetive (veja Luke Cage). Muito amigo do homem de aço, ele recebe telefonemas de clientes para Cage, ajuda o herói da forma que pode na luta contra o crime e a injustiça e é apaixonado por filmes de faroeste.


Índice: ABCSobre esse projeto

Cliente que quer "extrato analítico" e me pede "extrato analógico". Ou até "extrato análico".


Caso complicado com cliente complicando, funcionária tem de consultar a central, normativos e tudo o mais. E o cara tem pressa.
E nem são 10:05 da manhã.
- Você não quer me ajudar - ele diz.
- Não, senhor, eu venho todos os dias cedo no banco para não ajudar ninguém, é meu prazer - ela diz, seca.
- o.o


Pessoa vai cadastrar a senha do cartão no teclado do computador digita as teclas de função (F1, F2...) em vez das numéricas ¬¬


Em SP, é proibido usar celular dentro de agência bancária. Não sei se a lei é útil, mas Deus sabe quanta besteira deixei de ouvir passivamente com uma agência cheia de celulares desligados.
Mas volta e meia tem um cara no celular...
- Moço.
- Cara.
- Colega.
- Senhor.
^ eu chamando a atencao dele, que nao me ouve.
SURDO FILHO DA PUTA!! <- minha vontade de gritar.


"Moço, o gerente pediu pra eu ir no caixa eletrônico tirar as letras analfabeticas da minha conta"
Tradução: ele quis dizer "a senha alfabética"


Nota: "senzalândia" é uma coleção de pequenas cenas e abobrinhas, com um tico de maquiagem às vezes, que acontecem no meu emprego, nada carinhosamente apelidado, elementar, de "senzala" :P

Senzalândia 2016
20102011-20132014201536: problema dos papel37: eu, avatar do bom-humor.38: é pra assinar?39: suicídio do governo

(Curtiss Jackson)
Ex-líder da divisão oeste da Corporação (veja Corporação), ele tentou destruir o Capitão América, Falcão e Hulk mas, graças à tremenda força do gigante verde, seu intento não se realizou. Criado por Roger Mckenzie em 1978, com muita sorte conseguiu escapar da fúria do Hulk, mas acabou sendo preso pelo Homem-Máquina (veja Homem-Máquina).


Índice: ABSobre esse projeto

(Crystal)
Cristalys é a segunda filha de dois nutricionistas inumanos. Quelin, seu pai, era irmão de Rynda, esposa de Agon, rei dos inumanos. Por essa razão, ela é considerada parte da família real de Attilan (veja Inumanos). Assim como Medusa, sua irmã mais velha, Cristalys foi submetida à misteriosa Névoa Terrígena, quando criança, o que lhe concedeu certos poderes mentais. Criada por Stan Lee em 1965, a inumana pode controlar mentalmente os quatro elementos básicos da natureza: fogo, terra, água e ar. Cristalys já foi membro do Quarteto Fantástico e atualmente namora o Tocha Humana.


Índice: ABSobre esse projeto

(Dazzler)
Alison Blaire é uma mutante cuja capacidade de transformar som em luz se manifestou na adolescência. Assim que se formou no colégio, ela decidiu conquistar um lugar no mundo artístico, como cantora, usando seus poderes luminosos para incrementar seus números. Criada em 1980 por Chris Claremont, Cristal carrega consigo uma única arma: um pequeno rádiogravador, que tem a função de fornecer-lhe música para ser transformada em luz, caso ela tenha de usar seus poderes contra algum criminoso ou em alguma emergência. Na bolsa, Alison também carrega um par de patins que aderem magneticamente às suas botas.


Índice: ABSobre esse projeto

A história recente do país resumida em três minutos e quinze segundos.

Fonte: Intercept Brasil

E essa capa de gibi é para mim símbolo da situação política da atualidade, em nível municipal, estadual, federal e internacional:


tenho até medo de como vai ser quando entrar o Antimonitor....

Cliquem na imagem para ir ao site (ia mexer nele antes, mas entrei de férias :P)

(Bertrand Crawley)
Vendedor de livros que tinha uma boa estabilidade financeira, até que se entregou ao álcool e perdeu tudo, inclusive a família, tornando-se um vagabundo. Seu filho, tendo crescido num ambiente de brigas constantes devido ao vício do pai, tornou-se um criminoso psicopata chamado Cortador. Criado por Doug Moench em 1980, hoje Crawley auxilia o Cavaleiro da Lua a desvendar crimes, colhendo informações nos bares do submundo.


Índice: ABSobre esse projeto

(Crash Simpson)
Crash Simpson foi o tutor de Johnny Blaze após a morte de seu pai. Acometido de uma doença incurável, ele tentou quebrar o recorde mundial de salto com motocicleta, mas, vitima de um plano do Demônio, encontrou a morte num acidente fatal (veja Motoqueiro Fantasma).


Índice: ABSobre esse projeto

(The Owl)
Tendo esse nome por sua incrível semelhança com o pássaro noturno, o Coruja era um grande magnata que ergueu sua fortuna através de negócios ilícitos. Suas tramóias, porém, foram descobertas pela lei, e ele decidiu abandonar a fachada de homem honesto para assumir de vez a carreira criminosa, liderando sua própria quadrilha. Criado por Stan Lee em 1964, seus poderes resumem-se a uma grande agilidade e força. Com o uso de aparelhos especiais em sua capa, o vilão consegue voar como uma coruja. Durante certo tempo, ele foi o maior inimigo do Demolidor, tendo recentemente enfrentado diversos outros super-heróis.


Índice: ABSobre esse projeto

(The Corsair)
Líder dos Star Jammers, grupo de alienígenas rebeldes que luta contra a hegemonia do império intergaláctico Shiar (veja Star Jammers). O corsário é Cristopher Summers, pai do X-Man Ciclope. Criado por Stan Lee, ele já lutou com a superequipe dos X-Men contra os guardiões do império Shiar.


Índice: ABSobre esse projeto

Gostar de alguém, ok.
Procurar ajuda, ok.
Mas querer DOMINAR a pessoa que você ama, isso não é ok. MuiNto pelo contrário, é doença, no mínimo.


14mai16 - em algum canto da cidade, deve ser Paulista

Falemos o óbvio: se você ama alguém, você quer essa pessoa livre, não submissa. Mas se teu desespero é tanto que ignora o óbvio, então você precisa de ajuda, mas não para "amarrar" alguém, mas para te desamarrar desse vínculo doentio que só existe na tua cabeça.

(The Corruptor)
Jackson Day trabalhava numa companhia de produtos farmacêuticos, especializada em substâncias psicoativas. Certo dia, preso no depósito de produtos, quando um incêndio se alastrou por todas as dependências da empresa, seu corpo foi exposto às substâncias aquecidas. Quando se recuperou do acidente, Day descobriu que os produtos tinham afetado todo o seu ser, libertando as tendências malignas até então adormecidas em sua alma. Sua pele assumiu uma tonalidade azul-escuro, e ele adquiriu a capacidade de corromper a vontade de qualquer pessoa que tocar. Criado em 1976 por Marv Wolfman, o Corruptor foi um dos maiores inimigos do Nova (veja Nova).


Índice: ABSobre esse projeto

(The Corporation)
Organização criminosa que tem penetração em toda a América do Norte, bem como certa influência internacional. Diferencia-se de outras organizações do mesmo gênero por atuar como uma verdadeira instituição financeira do crime, com um incrível esquema de perdas e ganhos. Até pouco tempo atrás, dois membros do alto escalão da Corporação eram Curtiss Jackson (veja Curtiss Jackson), chefe da divisão oeste, e o senador Eugene K. Stivak (veja Kligger), líder da divisão leste. Ambos tiveram seus planos de conquista destruídos e foram derrotados pelo Capitão América, Falcão, Incrível Hulk e o fantástico Homem-Máquina.


Índice: ABSobre esse projeto

(The Controller)
Lutando com seu irmão em um laboratório das Indústrias Cord, a principal concorrente das Indústrias Stark, Basil Sandhurst caiu sobre recipientes de uma substância química que, explodindo, deixou-o aleijado e com o rosto deformado. Sentindo-se culpado pelo ocorrido, Vincent Sandhurst conseguiu fundos da companhia e construiu para Basil uma roupa que era um verdadeiro laboratório ambulante. Usando-a, Sandhurst voltou a andar e criou o Absorvatron, um dispositivo que, conectado a uma pessoa, drena suas ondas, transportando-as para a fantástica vestimenta. Assumindo o nome de Controlador, Sandhurst desenvolveu pequenos aparelhos que chamou de Discos da Escravidão. Quando fixados no crânio de alguém, os discos absorvem energia cerebral, transmitindo-a para o Absorvatron do Controlador, que a converte em força motriz para a roupa. Criado por Archie Goodwin em 1969, Basil Sandhurst se uniu a Thanos em seus planos para conquistar o Universo, mas acabou sendo derrotado após um combate com o Capitão Marvel. Cheio de ódio pelo fracasso de seu servo, o cruel Thanos destruiu o Controlador.


Índice: ABSobre esse projeto

Para tirar um pouco o peso das postagens do blog e dos dias que todos nós aqui estamos passando.


07jul16 - "oi, meu nome é Eibl"

No dia seguinte em que um morador de rua tentou salvar uma mulher feita refém:


05ago15 - porta da catedral da Sé

Para quem não ou soube ou não se lembra (duvido!), a notícia tem aqui, mas Laerte, no blog dela, fez essa sequência de tirinhas que vale por mil narrativas:

Fonte: aqui e aqui, do blog "Manual do Minotauro"

(The Tinkerer)
O Consertador é um um gênio criminoso que utiliza seu fantástico intelecto para criar armas que vende a outros criminosos. Criado por Stan Lee em 1963, ele já confeccionou armas para inúmeros vilões, tais como: Rocket Racer, Mestre da Luz, Besouro, Ceifador e outros.


Índice: ABSobre esse projeto

(The Condor)
Criado por Marv Wolfman em 1976, o Condor é um criminoso alado de grande gênio científico. Tencionando destruir o vilão Esfinge para, dessa forma, dominar o mundo do crime, ele aliou-se a Potencius, Diamante e ao super-herói Nova (veja Potencius, Diamante e Nova). Contudo, mesmo contando com o auxílio dos três, ele foi alvejado por um dos capangas do Esfinge (veja Esfinge), e o grande chefão transformou-o em um ser semelhante à ave que inspirou seu nome.


Índice: ABSobre esse projeto

Demorei, né? O fato é que pisei um tanto no freio das compras e da leitura. E bateu preguição em resenhar, confesso...

Ultimas leituras:
O Homem Invisível, do lendário H. G. Wells - não é o melhor do autor que li (sou mais Máquina do Tempo e Guerra dos Mundos, empatados em primeiro), mas muito bom. O personagem-título é tão mau-caráter que me lembrei do Cunha na época em que li =P Ah, minha edição é antiguinha, da Nova Alexandria, que vinha com uma animaçãozinha nas páginas, veja ^^
Anna e a Trilha Secreta, da Ana Lúcia Merege - um "spin-off" da trilogia de fantasia da autora, contando o passado de uma de suas protagonistas, com um quê de toque de fadas que curti muito :)
Alice no Subterrâneo - já tem resenha aqui.
O Baronato de Shoah - a Canção do Silêncio, de José Roberto Vieira - primeiro de uma série em que já estou lendo o segundo livro. O Zero é um puta cara legal, amei o universo criado, mas a narrativa e construção dos personagens não estão batendo com meus gostos :\



Compras mais recentes:
Crônicas de Atlântida: o Olho de Agarta, do Antonio Luiz M. C. Costa - esse livro e o anterior da série me devo ler, mas esse segundo era obrigação em ter na estante: tem mapas desenhados por essa joaninha que a vós escreve X)
O autor também publicou recentemente dois manuais, um sobre Armas Brancas e outro sobre Títulos de Nobreza e Hierarquias (também disponíveis em ebook, fica a dica). Para quem supostamente escrever, informação organizada é um tesouro.
A Fonte Âmbar, da Ana Lúcia Merege - conclusão da série :DD
Dorothy e o Mágico em Oz, de Frank Baum - torço muito para que a Vermelho Marinho traduza todos os livros escritos pelo Baum sobre OZ, e logo :) Essa e Discworld (pela Bertrand) são as séries gringas que mais dou força comprando os livros assim que surgem nas prateleiras.
Feiticeiros da Luz, da Greice Martinelli - de uma amiga dos tempos do MSN, ela começou a escrever mais ou menos junto comigo, e já terminou, e já publicou, teve fila no lançamento lá no RS e comprei quando ela veio por aqui :D

(Count Nefaria)
Rico aristocrata europeu, Nefária foi um dos membros mais poderosos da Maggia (veja Maggia) até que foi derrotado pelos Vingadores. Anos mais tarde, ele organizou uma nova "família" Maggia em Nova Iorque, empregando supercriminosos e tecnologia avançada. Criado por Stan Lee em 1964, desde que o vilão morreu, após um confronto com o Homem de Ferro, a organização criminosa está sendo liderada por sua filha, Madame Máscara.


Índice: ABSobre esse projeto

About this Archive

This page is an archive of entries from October 2016 listed from newest to oldest.

September 2016 is the previous archive.

November 2016 is the next archive.

Find recent content on the main index or look in the archives to find all content.

Pages

Powered by Movable Type 5.13-en