September 2012 Archives

Juju

Sansão


(Como Sansão não tem nariz, fiz o emoticon dele no título sem nariz também :Þ)(e achei essa foto tão acima da média das outras que tirei... :D )

• 4 folhas de figo
• 1 copo de álcool
• 1 copo de água
• 400g de açúcar
Deixe as folhas de figo de infusão no álcool durante três dias. FAça então a calda com água e o açúcar, e junte a infusão (longe do fogo). Filtre e engarrafe.

Sobre isso de receitas no blog, leia aqui e aqui.
Aviso: Eu NUNCA cozinhei na vida, só estou digitando e postando ;P

Não, não é um post sobre o @xfer. Na aurora do tempo, eu morei alguns meses com meus avós e apesar de ser no Sul do país (Colorado/PR) tinha muito disso no sítio deles:


E eu sempre recebia avisos de manter alguma distância - afinal, fura, né? - mas pelo menos umas duas vezes eu fiz dúzias de furinhos na sola por pisar numa versão mais rasteira dessa planta.

Mas meu grande "causo" nessa fase foi quando peguei bicho de pé no dedão do pé direito. E acho que inflamou, algo assim, a unha ficou mole... e aconteceu de numa brincadeira caiu um daqueles bancos de sítio (uma tábua comprida com pernas onde meia família senta para cear. A outra metade fica no banco do lado oposto da mesa) em cima da unha, que saiu voando... >_<

• 4 claras em neve
• 3 colheres de sopa de açúcar
• ½kg de amendoim torrado e moído
• chocolate em pó, o quanto baste para que a massa fique em ponto de enrolar.
Misture todos os ingredientes. Faça os docinhos em formato de cajus, passe no açúcar cristal e ponha a metade de um amendoim na parte mais grossa para simular a castanha do caju.

Sobre isso de receitas no blog, leia aqui e aqui.
Aviso: Eu NUNCA cozinhei na vida, só estou digitando e postando ;P

Nem me desculpo mais. É público e notório que me atraso nos projetos bloguísticos. E além =_=


Um resumo rápido do que andei lendo e comprando em papel. Mais pra frente, prometo fazer um comentário mais completo de alguns dos títulos^^

(Quem me conhece já desistiu de esperar em pé)

Lidos, de outubro para cá:
• Toda a série Percy Jackson, de Rich Riordan - apesar de eu estranhar de início a narração em primeira pessoa, de ter algumas excelentes idéias desperdiçadas, o saldo da série é positivo. Assim que tiver um respiro compro a série nova e faço um texto mais amplo sobre os livros aqui. Não necessariamente nessa ordem.
• os volumes restantes da coleção Sherlock Holmes - edição definitiva - ainda reclamo muito do efeito escadinha na minha estante, mas os contos e romances do detetive vitoriano são obrigatórios na minha opinião e a quantidade de notas e textos dando informações extras é algo que não se pode desdenhar.
O Senhor das Sombras e Enelock, do Leandro Reis - os dois volumes finais de uma trilogia nacional de fantasia^^ Leiam meus comentários sobre o primeiro volume aqui! Resenharei :)
Duna e O Messias de Duna, de Frank Herbert - desculpem as tietes, achei legal, mas não é essa coca-cola toda não. Mais um pra fila de resenhas^^ (Só adianto que esse segundo livro podia muito bem ser o quarto bloco de capítulos do primeiro...)
Sozinha no Mundo, de Marcos Rey - um clássico do meu século passado, vindo da saudosa coleção Vaga-Lume (mas o link que dei é da editora atual detentora dos livros do autor, a Global, não da Ática). Perseguições, personagens simpáticos, vilões, reviravoltas, deus ex machina. Foi um dos primeiros livros que li e a única coisa que envelheceu nele é a tenologia citada (fitas cassete, câmeras super 8...). Não é dos melhores infanto-juvenis de Marcos Rey ("O Mistério do Cinco Estrelas" e "Um Cadaver Ouve Rádio" dizem OI), mas não tenho o que falar mal do livro :)



Comprados, de outubro para cá:
O Baronato de Shoah, de José Roberto Vieira - coloquei release aqui, lembram? XD
Crônicas da Atlântida - O tabuleiro dos deuses, de Antonio Luiz M. C. Costa - livro que fiz um mapa, estou fazendo outro e o release está aqui :D
O Castelo das Águias, da Ana Lúcia Merege.
Imaginários 4 - coletâneas de contos de ficção e fantasia com uma porrada de gente x)
Deus Ex Machina - Antologia de contos steampunk
Dieselpunk - outra antologia com contos passados numa era imaginária X)
A Privataria Tucana, de Amaury Ribeiro Jr. - "Os documentos secretos e a verdade sobre o maior assalto ao patrimônio público brasileiro. A fantástica viagem das fortunas tucanas até o paraíso fiscal das Ilhas Virgens Britânicas. E a história de como o PT sabotou o PT na campanha de Dilma Rousseff". E também o livro bestseller que toda a imprensa conservadora (aka PiG) tentou fingir que não existia...
Fantasias Urbanas - histórias fantásticas passadas em cidades de todos os tempos :D
Caverna do Dragão - sim, sou um verme e comprei esse fanfic não-autorizado disfarçado de livro. Meu álibi é ter um site (comatoso) sobre a série. Alguém quer ler por mim? =_=' (e sim, me recuso a linkar um livro que é todo errado)


E desde os começos de julho estou entalado com Quincas Borba, do Machado de Assis. Preciso tomar vergonha na cara, mas não simpatizei com o personagem, trama... to tomando coragem pra retomar a leitura, nem que seja batendo com leite e colocando açúcar... =_=

Entra e Sai de Livros
2010: 02/0527/0512/0717/0821/0825/1022/1105/12
2011: 12/0213/0323/10
2012: 05/09

Prepare a massa com 2 xícaras de farinha de trico, ½ colher de chá de fermento, 1 colher cheia de manteiga, 2 colheres de açúcar, um ovo e casca ralada de limão. Estenda a massa, corte-a em rodelinhas e leve ao forno regular, para assar. Depois de frios, recheie-os com qualquer doce e polvilhe-os com açúcar fino.

Sobre isso de receitas no blog, leia aqui e aqui.
Aviso: Eu NUNCA cozinhei na vida, só estou digitando e postando ;P

About this Archive

This page is an archive of entries from September 2012 listed from newest to oldest.

August 2012 is the previous archive.

October 2012 is the next archive.

Find recent content on the main index or look in the archives to find all content.

Pages

Powered by Movable Type 5.13-en